Microsoft investirá até R$ 300 milhões em startups brasileiras

Por Redação | 17.03.2014 às 11:10
photo_camera Divulgação

A Microsoft anunciou na última quinta-feira (13) o lançamento de um fundo de investimentos no Brasil que vai beneficiar o desenvolvimento de novas startups. Em parceria com a gestora de recursos BES Ativos Financeiros (Besaf), o projeto "Brasil Aceleradora de Start-ups" já tem R$ 10 milhões captados, mas o valor final pode atingir até R$ 300 milhões.

De acordo com as primeiras informações divulgadas pela Reuters, serão oferecidos incentivos entre R$ 120 mil e R$ 3 milhões, valores que as startups geralmente não conseguem captar junto às aceleradoras ou fundos para sustentar seu crescimento.

Em um primeiro momento, o fundo vai utilizar o processo de seleção da Acelera Partners, rede de aceleradoras constituída por sócios independentes. O projeto terá como prioridade startups focadas em educação, defesa e segurança cibernéticas, saúde, petróleo e gás, energia, aeroespacial e aeronáutica, eventos esportivos, agricultura e meio ambiente, finanças, telecomunicações, mineração e tecnologias estratégicas.

Recentemente, a Microsoft firmou uma outra parceria, desta vez com a Universidade de São Paulo (USP), para a criação de um Centro de Estudos de Tecnologia e Sociedade. Essa é a primeira iniciativa da empresa na América Latina neste segmento e trará benefícios a alunos do centro universitário paulista nos cursos de Direito, Economia, Tecnologia da Informação e Ciência da Computação.

O investimento será de US$ 720 mil (cerca de R$ 1,6 milhão) no período de 2013 a 2015. O objetivo do programa é estimular a pesquisa local sobre temas relevantes na área de tecnologia e como esses assuntos impactam a sociedade. Além disso, o projeto terá foco especial na produção de estudos sobre conteúdos como privacidade e proteção de dados no ambiente digital, impacto da computação em nuvem nas pequenas e médias empresas e proteção da propriedade intelectual no segmento de software.