Microsoft se une ao AllSeen Alliance, projeto desenvolvido pela Qualcomm

Por Redação | 02.07.2014 às 14:34

A Microsoft se juntou à iniciativa promovida pela Qualcomm, conhecida por AllSeen Alliance. Tal projeto tem como objetivo desenvolver a Internet das Coisas em colaboração com as principais fabricantes de eletrônicos do mundo.

O AllSeen Alliance foi fundado em dezembro para tratar de um grande desafio que consiste na fabricação de dispositivos e objetos que possam trabalhar juntos, independente da marca, sistema operacional ou outras considerações de infra-estrutura. Pela plataforma AllJoyn, o projeto pretende conectar qualquer dispositivo com facilidade, por exemplo: uma televisão pode ser capaz de se comunicar com um telefone por meio de notificações de texto na tela ou pelo envio de áudio ou vídeo.

A Qualcomm acredita que a união de tecnologias de diferentes empresas é um projeto ambicioso que será a chave para o futuro. A Microsoft é um excelente complemento para o AllSeen Alliance, visto que a empresa é proprietária do maior sistema operacional disponível em notebooks e desktops em todo o mundo. Além disso, a empresa conta com um dos consoles mais importantes do mercado, o Xbox. Tais produtos poderiam ser utilizados para o gerenciamento de uma casa conectada, por exemplo.

A visão do AllSeen Alliance é de criar um ecossistema para casas, escritórios e carros que possam contar com dispositivos que se integram para facilitar a vida do usuário. Google e Apple ainda não fazem parte do projeto. A inclusão destas empresas poderia fazer decolar de vez a iniciativa, visto que ambas correspondem à maior parte do mercado de tecnologia móvel no mundo.

Com a adição da Microsoft, a lista da AllSeen Alliance totaliza 51 membros, incluindo Cisco Systems, D-Link, LG Eletronics, Panasonic e Sharp. Todas trabalham na plataforma AllJoyn com o objetivo de fornecer códigos abertos para a integração de sistemas e dispositivos.