Microsoft pode, finalmente, abandonar sua campanha publicitária anti-Google

Por Redação | 15 de Abril de 2014 às 12h16

Finalmente a Microsoft pode ter desistido da sua campanha anti-Google, batizada como "Scroogled". Pelo menos é o que afirma Derrick Connell, vice-presidente corporativo do Bing.

Durante uma sessão de perguntas e respostas divulgada pelo ZDNet, o executivo disse que a empresa de Redmond "já acabou com a campanha" contrária ao Google. Baseado nessa declaração, podemos deduzir que não veremos um novo anúncio do Scroogled, a menos que a gigante da web faça algo realmente notório e que a Microsoft ache necessário destacar (negativamente, com certeza).

Vale lembrar que o site do Scroogled, criado e mantido pela Microsoft, ainda está no ar, bem como a conta da campanha no Twitter – que foi atualizada pela última vez em 20 de março de 2014. A página vende camisetas, canecas e bonés da campanha e, de acordo com informações do próprio site, os lucros são doados para caridade.

Microsoft Scroogled

Imagem: Reprodução / Scroogled

Ao site Business Insider, um porta-voz da Microsoft disse que a empresa está "sempre avaliando e evoluindo" suas campanhas de marketing. "Há momentos em que usamos o nosso marketing para destacar a diferença na maneira em que vemos o mundo em relação aos nossos concorrentes, e a campanha Scroogled é um exemplo disso. Seguindo em frente, nós vamos continuar a usar as táticas e abordagens certas quando e onde elas fizerem sentido", disse o porta-voz.

Além disso, a Microsoft agora possui um novo CEO, Satya Nadella, que é menos predisposto ao combate do que seu antecessor, Steve Ballmer.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!