Microsoft planeja a criação do seu próprio 'Google Glass'

Por Redação | 23 de Novembro de 2012 às 11h45

Os óculos de realidade aumentada são a tendência para o futuro e as empresas de tecnologia não estão perdendo tempo na hora de lançar suas próprias versões do Google Glass. A Microsoft oficializou um pedido de patente nesta quinta-feira (22) para o seu projeto de óculos de realidade aumentada, o 'Event Augmentation with Real-Time Information'. As informações são do SlashGear.

A patente centra-se na criação de óculos (com uma ou duas lentes) que são capazes de disponibilizar informações, gráficos e imagens no campo de visão do usuário. Os óculos ainda serão capazes de identificar a direção do olhar do usuário e ajustar as informações na tela de forma mais adequada. E a empresa de Redmond, Estados Unidos, ainda planeja a utilização do mecanismo de identificação do olhar para selecionar áreas de foco dentro de uma determinada cena.

Patente óculos AR Microsoft

Reprodução: SlashGear

Diferentemente do projeto do Google, a criação da Microsoft não é muito ambiciosa e não pretende que os usuários utilizem os óculos inteligentes durante todo o dia. A companhia sugere que o equipamento seja utilizado em situações específicas como partidas de futebol e até óperas, por exemplo.

Os óculos da Microsoft também poderiam ser utilizados para a atualização das redes sociais e realizar check-ins, já que o sistema é equipado com GPS e será capaz de determinar a localização exata do seu usuário. E, assim como o Google Glass, o sistema também será auto-suficiente.

Os desenhos apresentados no pedido de patente indicam que os óculos serão equipados com um microfone e uma câmera para a captura de fotos e vídeos. O dispositivo também poderá ser usado com lentes convencionais, já que possui filtros de opacidade que ajudam a diminuir a intensidade da luz ambiente.

Patente óculos AR Microsoft

Reprodução: SlashGear

A Microsoft ainda não confirmou qual display será utilizado nos óculos, mas mantém algumas opções como cristal líquido sobre silício ou LCD. Ainda estima-se que o sistema poderia utilizar o display mirasol da Qualcomm ou o projetor a laser Microvision PicoP.

Além disso, o sistema de monitoramento dos olhos poderia ser utilizado para determinar a posição da pupila utilizando um mecanismo de projeção, uma câmera frontal interna ou outro método. E diferente da proposta do Google de estender as opções de um smartphone para as lentes dos óculos, a Microsoft planeja lançar seus óculos de realidade aumenta para o setor de entretenimento, podendo ser oferecido para os espectadores de jogos esportivos ou até de filmes em três dimensões.

Patente óculos AR Microsoft

Reprodução: SlashGear

Com isso, os usuários não precisariam gastar uma quantia considerável na aquisição dos óculos, uma vez que eles seriam utilizados apenas durante um show ou evento. No entanto, um pedido de patente não indica que a empresa tem planos de lançar comercialmente os óculos, mas como a Microsoft está focando seus negócios no mundo do entretenimento, principalmente com a plataforma Xbox, não é de se duvidar que os óculos sejam lançados no futuro.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.