Microsoft estreia serviço de música para o Xbox e enfrenta Apple

Por Redação | 15.10.2012 às 12:08

A Microsoft anunciou nesta segunda (15) um novo serviço musical chamado Xbox Music, que chegará para concorrer diretamente com o iTunes, da Apple e o Cloud Player, da Amazon. A novidade estará disponível nos consoles a partir desta terça-feira. As informações são da Reuters.

O serviço será expandido também para todos os computadores e tablets que tiverem o Windows como sistema operacional, incluindo o tablet Surface, que será lançado juntamente com o Windows 8 no dia 26 de outubro. A novidade também pretende chegar aos smartphones (iOS e Android) logo em seguida.

A maior fabricante de software do mundo estava tentando, há muitos anos, criar um ambiente musical nas salas de todos aqueles que possuem o Xbox. Mais de 67 milhões de unidades foram vendidas desde 2005. Passados 18 meses, a empresa percebeu que os usuários de seu console estavam passando mais de 60 por cento de seu tempo utilizando serviços de entretenimento que não fossem videogames, de acordo com o gerente geral de música do Xbox, Jerry Johnson.

O console líder de mercado já transmite vídeos do Netflix, ESPN e outros canais, e agora pretende aumentar seu mix de serviços oferecendo música e outros tipos de vídeos para os usuários.

"Também percebemos, como uma empresa de entretenimento, que a música é um ingrediente importante por si só e como parte de diferentes experiências de usuários", afirmou Johnson.

O Xbox Music substituirá a marca de mídia digital já conhecida da Microsoft, a Zune, que lutou durante muito tempo contra o iTunes.

A empresa irá oferecer um sistema gratuito de streaming de música suportado por anúncios e um serviço de assinatura premium que custará US$ 9,99 (cerca de R$ 20) para usuários que desejam um serviço livre de propagandas.

Dentre as novidades, existirá uma loja online de música com mais de 30 milhões de canções disponíveis no catálogo global - maior que o do iTunes, que comporta 26 milhões de músicas. E a loja também trará mais de 70.000 vídeos musicais, disponíveis apenas para o Xbox.

Outra novidade será a nuvem: as características do armazenamento em nuvem seguem as do iTunes e as do Amazon Cloud Player e uma função de rádio baseada em artistas permite transmitir áudio da mesma forma que os serviços Pandora e Spotify.

A Xbox Music estará disponível em 22 países, ainda não divulgados. Vamos torcer para que o serviço chege logo ao Brasil!