Microsoft encerra linha Nokia X, de celulares com Android

Por Redação | 17.07.2014 às 15:29 - atualizado em 17.07.2014 às 16:53
photo_camera Divulgação

Escondido em meio às informações sobre a demissão de 18 mil funcionários, que deve ser concretizada ao longo dos próximos seis meses, a Microsoft revelou também que está acabando com a linha Nokia X de smartphones. De acordo com Stephen Elop, diretor de dispositivos da companhia, o Windows Phone passa a ser, agora, o único sistema operacional móvel operado por ela.

Em carta aberta publicada aos funcionários, o executivo anuncia que mais smartphones de baixo custo com a marca Lumia serão lançados no futuro, como forma de substituir os aparelhos da linha Nokia X. Os celulares existentes hoje continuarão sendo vendidos no mercado e seus usuários permanecerão com o suporte completo pela Microsoft, como o lançamento de atualizações e novas funções.

Ao que parece, trata-se de uma decisão relacionada ao estreitamento do funcionamento da Microsoft, visto pelo CEO Satya Nadella como uma necessidade após a união com as operações da Nokia. As demissões, inclusive, vêm com esse mesmo objetivo, de enxugar os setores de gerenciamento da companhia de forma que as decisões relacionadas a seus produtos e serviços sejam mais ágeis e fáceis, facilitando o posicionamento como um dos principais players do mercado de tecnologia.

Nenhum anúncio de novos produtos foi feito até o momento. Elop também não falou especificamente sobre a linha Nokia X, vista pela empresa como uma forma familiar de atrair usuários de Android para si. A ideia é que, a partir da versão altamente modificada do sistema operacional, os clientes se interessariam pela linha Lumia e se tornariam mais dispostos a investir algum dinheiro em smartphones com maior poder de processamento e mais funções.