Microsoft deixará de embarcar Windows 7 em novos PCs a partir de outubro

Por Redação | 24 de Setembro de 2014 às 17h48
TUDO SOBRE

Microsoft

A Microsoft anunciou que a após o dia 31 de outubro não irá mais oferecer licenças do Windows 7 para parceiros e fabricantes que ainda trabalham com a venda das versões Basic, Home Premium ou Ultimate do sistema operacional, informa o site TechRadar.

Essa é uma primeira sinalização da empresa para que haja uma substituição do sistema. Os produtos que estiverem em estoque poderão ser vendidos e contarão com suporte da Microsoft, mas os novos produtos a partir desta data deverão ser vendidos com o Windows 8 pré-instalado.

A versão Professional do Windows 7, no entanto, poderá manter as vendas mesmo após a data. Entretanto, após o anúncio do Windows 9 é provável que seja anunciada uma data para que esta versão também pare de receber licenças para suporte em novas máquinas.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O suporte da Microsoft aos usuários do Windows 7 será mantido até o dia 13 de janeiro de 2015 para usuários que possuem a versão com o Service Pack 1. O sistema ainda continuará a receber atualizações críticas de segurança até o dia 14 de janeiro de 2020, com a possibilidade da Microsoft estender a data como ocorreu com o Windows XP.

Os usuários que adquirirem um PC com Windows 8.1 PRO terão a opção de fazer um downgrade para o Windows 7 Professional ou Windows Vista Business, mas o recurso se limita a apenas esta versão do sistema, excluindo as demais.

Segundo informações da NetMarketShare, 13,4% dos usuários de PC utilizam o Windows 8.1 ou Windows 8, número muito abaixo dos 51,2% que usam o Windows 7 e mesmo dos 23,89% que ainda preferem o Windows XP.

Segundo as informações de um executivo da empresa, o anúncio do Windows 9 deve acontecer no próximo dia 30 de setembro, acabando com o suspense que ronda o novo sistema operacional da Microsoft.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.