Microsoft compra parte de empresa especializada em tecnologias vestíveis

Por Redação | 04 de Abril de 2014 às 10h49
photo_camera Divulgação

A Microsoft pode estar se preparando para competir com o Google no mercado de equipamentos de realidade aumentada e dispositivos vestíveis, como os smartwatches. De acordo com o site Business Insider, a empresa de Bill Gates adquiriu, por US$ 150 milhões, os direitos sobre as patentes desse tipo de tecnologia da empresa Osterhout Design Group (ODG), uma empresa especializada no desenvolvimento de equipamentos vestíveis para militares e órgãos governamentais.

Apesar da aquisição, o fundador da ODG, Ralph Osterhout, afirmou que a companhia continuará focando em produtos para o governo. Os termos da transação entre as duas empresas ainda não estão totalmente claros, mas ao que tudo indica a ODG continuará como uma empresa separada da Microsoft. Ao todo, a ODG possui 81 patentes relacionadas a dispositivos vestíveis, incluindo várias que poderiam facilmente se transformar em produtos para os consumidores comuns. Entre as patentes da empresa estão equipamentos que poderiam competir com o Google Glass, porém com muito mais foco em realidade aumentada do que o produto do Google.

Apesar de tudo, a aquisição não significa exatamente que a Microsoft esteja trabalhando em um dispositivo vestível, mas serve para mostrar que ela pode estar se preparando para o caso dos novos equipamentos começarem a fazer sucesso entre os consumidores. Com várias patentes já a disposição, fica bem mais fácil desenvolver produtos que possam abocanhar uma fatia do mercado mesmo chegando depois dos rivais.

Há quem acredite, inclusive, que as patentes da ODG possam ser utilizadas em equipamentos de realidade virtual para os consoles Xbox 360 e Xbox One para competir com o recém-anunciado Project Morpheus da Sony. O projeto prevê a fabricação de óculos de realidade virtual para o console PlayStation 4 da empresa.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.