Microsoft começa a derrubar limite de 2 GB por arquivo do OneDrive

Por Redação | 01 de Setembro de 2014 às 18h03

A Microsoft está aumentando o limite do tamanho dos arquivos que podem ser enviados ao seu serviço de armazenamento na nuvem, o OneDrive. De acordo com o usuário do Reddit megaman821, que foi o primeiro a relatar o movimento da companhia norte-americana, a barreira dos 2 GB foi posta abaixo e agora parece não haver um limite fixo.

Contatada pelo pessoal do The Next Web, a empresa confirmou que está trabalhando em novos limites para todas as contas do OneDrive. "Começamos o processo com uma quantidade limitada de usuários e continuaremos a liberar essa possibilidade aos poucos, até atingir toda a nossa base de clientes", disse um porta-voz da Microsoft. "Há outras novidades sobre essa atualização, mas só as divulgaremos em breve".

Em um tópico de sugestão de um usuário do OneDrive, Omar Shahine, do grupo de gerentes da Microsoft, afirmou que a limitação é "algo antigo" e que eles têm "trabalhado para removê-la há algum tempo". "A boa notícia é que atualmente nós estamos trabalhando nisso", afirmou o funcionário de Redmond.

O que mais chama atenção na declaração de Shahine é que ele fala em "remoção" ao invés de "aumento". Tais palavras levaram especialistas e usuários a especularem que a partir de agora não haverá nenhuma restrição de tamanho de arquivo que sobe para o OneDrive. Contatada mais uma vez para esclarecer o termo usado, a empresa disse que, por ora, não tem mais nada para divulgar.

Independentemente disso, já estava mais do que na hora da Microsoft tomar essa iniciativa. Serviços concorrentes, com o Dropbox e o Google Drive, por exemplo, oferecem limites de 10 GB e 5 TB por arquivo e fazem o limite do OneDrive parecer brincadeira. Aumentá-lo colocaria a Microsoft não só no páreo para concorrer em pé de igualdade, como também agradaria a todos os usuários.

Leia também: Dropbox aumenta espaço para contas Pro e oferece novos recursos

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.