Microsoft anuncia o Surface Pro 3, tablet que promete substituir o notebook

Por Caio Carvalho | 20 de Maio de 2014 às 14h43

Após vários rumores, a Microsoft anunciou hoje (20) sua nova geração de tablets. Mas é melhor pensar duas vezes se você esperava ver uma versão menor do dispositivo. Trata-se, na verdade, do Surface Pro 3, um modelo maior com 12 polegadas e hardware mais poderoso que o Surface anterior, custando a partir de R$ 1.760 na configuração mais básica. O tamanho do display pode não agradar a usuários comuns, mas certamente é uma proporção adotada por profissionais que buscam um dispositivo portátil.

O evento foi aberto pelo diretor-executivo da Microsoft, Satya Nadella, que mais uma vez reforçou a posição da empresa em se manter como uma companhia integrada à computação na nuvem, destacando o interesse da corporação não apenas em hardware, mas também na construção de novas experiências que unam tablets e laptops. "Queremos oferecer o melhor do tablet e do laptop, permitindo que qualquer usuário assista e crie um filme, aprecie e crie arte", disse.

O Surface Pro 3 roda o Windows 8.1 com suporte a todos os programas da versão desktop e possui tela com resolução de 2.160 x 1.440 pixels que, segundo a companhia, tem "a maior taxa de contraste para um aparelho da categoria". Vem ainda com processador Intel (Core i3, Core i5 e Core i7), entrada USB 3.0, caneta para produção de conteúdo, pesa 800 gramas e tem apenas 9,1 mm de espessura. O icônico suporte embutido que permite ao gadget ficar "em pé" também está presente no produto.

Surface Pro 3

(Foto: Divulgação)

Panos Panay, vice-presidente da Microsoft para a divisão Surface, fez algumas demonstrações de como o Pro 3 é um tablet que pode facilmente substituir um notebook. Para começar, é o dispositivo mais fino do mundo a contar com um processador Intel Core. Depois, o executivo comparou o peso do tablet (que é mais leve) com o de um MacBook Air de tela de 13 polegadas, e ainda derrubou o aparelho no chão (com um tapete acolchoado) para mostrar que ele é resistente a quedas.

A Type Cover, a famosa capinha com teclado embutido removível, também ganhou novidades. Além de um trackpad 68% maior, agora ela pode ser ajustada em um ângulo de 150 graus, permitindo que o aparelho não fique limitado a apenas duas posições fixas, como acontecia no Surface 2. Panay demonstrou que o usuário pode adaptar os vários ângulos do kickstand em diferentes situações, como colocar o tablet no colo, sobre as pernas ou em uma superfície inclinada. Em todos os casos, o dispositivo se adapta para oferecer a melhor visão de conteúdo ao usuário.

Panos também mostrou como o Surface Pro 3 pode trabalhar com diferentes tipos de tarefas, sejam elas realizadas pelo mouse, teclado touchscreen ou uma caneta stylus. Michael Goth, vice-presidente de design da Adobe, fez uma demonstração de como será utilizar o Photoshop no tablet, que receberá uma versão completa e otimizada para o gadget. Houve ainda a exibição de outros aplicativos rodando no aparelho, como o OneNote e o app do Xbox One para dispositivos móveis da Microsoft.

Surface Pro 3

Panos Panay, vice-presidente da Microsoft para a divisão Surface. (Foto: Reprodução)

De acordo com a empresa, o Surface Pro 3 entra em pré-venda amanhã (21) nos Estados Unidos. Os preços são os seguintes:

  • Intel Core i3, 64 GB e 4GB de RAM: US$ 799
  • Intel Core i5, 128 GB e 4GB de RAM: US$ 999
  • Intel Core i5, 256 GB e 8GB de RAM: US$ 1.299
  • Intel Core i7, 256 GB e 8GB de RAM: US$ 1.549
  • Intel Core i7, 256 GB e 8GB de RAM: US$ 1.949

A Type Cover custa US$ 130 e a caneta styuls US$ 49 – ambas são vendidas separadamente. A previsão é que o tablet chegue em 26 outros mercados a partir de agosto.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!