Michael Dell afirma que não está preocupado com a queda de vendas e a era pós-PC

Por Redação | 28 de Agosto de 2012 às 12h40
Tudo sobre

Dell

O cofundador e CEO da Dell, Michael Dell, afirmou que não está preocupado com a era pós-PC e as vendas de computadores pessoais durante uma apresentação na VMWorld 2012 nesta segunda-feira (27). A afirmação de Dell não condiz com os recentes resultados do mercado de computadores pessoais.

De acordo com o Citeworld, o CEO citou as mais de 380 milhões de unidades de computadores vendidas no último ano e afirmou que, até então, a era pós-PC tem sido muito boa para as vendas de PCs no mundo todo. E ainda segundo a publicação, assim como é típico dos eventos de PCs, os tablets e smartphones não obtiveram muita atenção do público em geral.

Ainda durante o evento, foram apresentadas diversas pesquisas que mostram que os dispositivos móveis são a tendência número um no mercado de TI em 2012, levando o presidente da conferência, Paul Maritz, a afirmar que "desafiaria qualquer um a criar uma apresentação em PowerPoint em um smartphone".

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A era pós-PC é definida pela substituição dos tradicionais equipamentos de computação pessoal por tablets e smartphones. Especialistas também acreditam que os profissionais de TI passarão a levar seus dispositivos móveis para o trabalho como, por exemplo, iPads, iPhones, smartphones e tablets Android, ao invés de usar um PC.

Uma recente pesquisa publicada pela IDC afirma que o mercado de computadores pessoais deve crescer aproximadamente 0,9% neste ano, fechando o segundo ano consecutivo com crescimento abaixo de dois por cento.

Michael Dell

O pensamento positivo de Dell não condiz com os recentes resultados do mercado de PCs

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.