Mesmo com crescimento, Apple desaponta analistas em balanço trimestral

Por Redação | 26 de Outubro de 2012 às 14h13

A Apple anunciou nesta quinta-feira (25) os resultados do seu quarto trimestre fiscal de 2012, encerrado no dia 29 de setembro, com lucros recordes no período. No entanto, as vendas dos produtos da empresa durante o trimestre desapontaram analistas e investidores, que agora aguardam o período de compras de Natal para elevar esses números.

A Apple apresentou um aumento de 27% nos rendimentos no quarto trimestre e um crescimento de 24% nos lucros totais da companhia em comparação ao mesmo período de 2011. A receita trimestral total foi de US$ 36 bilhões (cerca de R$ 72,9 bilhões) e os lucros foram de US$ 8,2 bilhões (R$ 16,6 bilhões).

Em contrapartida, a empresa de Cupertino não obteve resultados muito surpreendentes com suas vendas, da maneira como os analistas esperavam. No quarto trimestre, a Apple vendeu aproximadamente 26,9 milhões de unidades do iPhone - resultado um pouco superior ao estimado por especialistas anteriormente -, mas "apenas" 14 milhões de unidades do iPad, número muito abaixo do previsto. Agora, os investidores aguardam os resultados do iPad mini, que teve sua pré-venda nos Estados Unidos e Europa iniciada nesta sexta-feira (26).

Estes números podem parecer bons, mas ganham outra cara se comparados aos resultados da Samsung no mesmo período. A sul-coreana vendeu 56,3 milhões de smartphones (mais que o dobro da Apple) e registrou crescimento de 91% nos lucros no período. Tudo isso fez com que as ações da Maçã caíssem ao menor nível desde o começo de julho, a menos de US$ 600.

Apple Store

Apple estima receita de US$ 52 bilhões para o próximo trimestre

Os analistas afirmam que a companhia deverá enfrentar seu principal teste durante o período de compras de final de ano, onde terá a concorrência de produtos de outras empresas como Google, Amazon e Microsoft. "A Apple está muito bem posicionada com o iPad, e agora com o iPad mini. Ela tem um ótimo smartphone e esperamos que o iPhone 5 venda muito bem. A perspectiva é conservadora, mas isso não é nenhuma surpresa. Errar por cautela é menos ruim", afirmou à Reuters Channing Smith, co-gerente da Capital Growth Fund Advisors.

A Apple inicia o próximo trimestre à frente de suas concorrentes com o lançamento de novos produtos ou atualizações de todas as suas linhas, incluindo a introdução da quarta geração do iPad e, claro, do iPad mini, que chegará às lojas no dia 2 de novembro.

Para o trimestre que se encerrará em dezembro, a empresa prevê receita de US$ 52 bilhões (R$ 105 bilhões), abaixo da estimativa anterior de US$ 55 bilhões (R$ 111 bilhões). Espera-se um crescimento de 36%, abaixo dos 42% esperados pelos analistas e investidores de Wall Street.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!