Mercado de softwares de segurança cresce quase 5% no mundo, afirma consultoria

Por Redação | 16 de Junho de 2014 às 09h04

Uma pesquisa feita pela Gartner revelou que a receita do setor de software de segurança cresceu 4,9% em 2013. No período, o lucro da área em todo o mundo foi de US$ 19,9 bilhões, enquanto 2012 fechou com uma receita de US$ 19 bilhões. Para a Gartner, o crescimento foi menor que o esperado devido a fatores como a mercantilização de subsegmentos importantes e o declínio do crescimento para duas das cinco principais companhias da área.

No ranking das empresas que mais faturaram na área de software de segurança, os dois principais fornecedores permaneceram os mesmo: Symantec em primeiro e McAfee em segundo. A IBM subiu para a terceira posição, levando a Trend Micro para o quarto lugar, mesmo que com uma diferença muito baixa. A surpresa ficou com o crescimento da IBM que não se trata de uma empresa exclusiva da área de software de segurança.

O diretor de pesquisas da Gartner, Ruggero Contu, explica que o crescimento foi lento, mas positivo graças principalmente à mercantilização da segurança de endpoint e um gateway de e-mail seguro. Esses subsegmentos representam, em 2013, cerca de 25% do total da receita do mercado de software de segurança.

Para o diretor, houve uma “democratização das ameaças à segurança”, um aumento da disponibilidade de softwares maliciosos e também uma facilidade no acesso, fazendo com que mais pessoas fossem capazes de lançar esses riscos na web. Essa tendência levou a um aumento nos investimentos de empresas na área de software de segurança. Com o aumento do uso da tecnologia e mais empresas entrando na vida digital, há também uma preocupação com a defesa de dados e prevenção de violações de dados, afirma Contu.

Regionalmente, houve um maior crescimento ano a ano na Ásia emergente e Pacífico com 12,8%, Grande China com 11% e Eurásia com 9,3%. Essas regiões são as que apresentam maior crescimento, pois começam de uma base menor se comparadas com mercados mais maduros. Na China, por exemplo, o crescimento se deve em grande parte à inclusão de receitas de publicidade vendida através de software livre de segurança de endpoint.

Nos mercados mais maduros o crescimento é menor devido à saturação do mercado de tecnologia, o que inclui o software de segurança. As três maiores regiões neste sentido, América no Norte, Europa Ocidental e Ásia Madura/Pacífico, representam 83% do total da receita do mercado de software de segurança em 2013. Apesar disso, o crescimento acumulado dessas regiões foi menor que o global, ficando em 4,1% contra 4,9% do setor.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.