Mark Zuckerberg fica US$ 1,6 bilhão mais rico em apenas um dia

Por Redação | 25.07.2014 às 15:40
photo_camera Divulgação

Se as ações do Facebook na Bolsa de Valores vão muito bem, obrigado, a conta bancária do presidente-executivo e fundador da rede social, também. De acordo com o Índice de Bilionários da Bloomberg, Mark Zuckerberg ganhou mais US$ 1,6 bilhão em apenas um dia, logo após os papéis de sua empresa atingirem o valor recorde de US$ 74,90 no pregão desta quinta-feira (24).

Zuckerberg, que tem apenas 30 anos, agora tem uma fortuna acumulada em US$ 33,3 bilhões. Com isso, ele chegou à 16ª posição do ranking, passando nomes de outros executivos bilionários, como os fundadores do Google, Sergey Brin e Larry Page, que caíram para 17ª e 18ª posições, respectivamente, e o presidente da varejista norte-americana Amazon, Jeff Bezos, que agora ocupa o 20º lugar.

O aumento de mais de um bilhão e meio na fortuna de Mark Zuckerberg é reflexo dos bons números registrados pelo Facebook no segundo trimestre e divulgados nesta quarta-feira (23). A companhia obteve faturamento de US$ 2,91 bilhões e US$ 0,42 de ganho por ação (EPS, na sigla em inglês), ante o US$ 1,81 bilhão de um ano atrás, o que representou um crescimento de 61% em sua receita e superou as expectativas de Wall Street, que previam lucro de US$ 2,81 bilhões e US$ 0,32 EPS.

Outro destaque anunciado pela rede social é seu desempenho no mercado mobile, que já é responsável por 62% de toda a receita com publicidade e cresce duas vezes mais rápido do que outras plataformas. No mesmo período há um ano, a receita móvel era equivalente a 41% de toda publicidade. Além disso, de 1,32 bilhão de usuários do Facebook, 1,05 bilhão acessam o serviço mensalmente por meio de aplicativos e de aparelhos móveis (tablets e smartphones), sendo que 391 milhões acessam o site exclusivamente desses dispositivos.

No topo da lista de mais ricos da Bloomberg continua o chairman e cofundador da Microsoft, Bill Gates, que tem uma fortuna avaliada em US$ 84,7 bilhões, valor este que aumentou 7,9% desde o começo de 2014 quando comparado ao mesmo periodo do ano passado. Em segundo lugar está o empresário mexicano Carlos Slim, dono de uma fortuna estimada em US$ 78,8 bilhões.

Leia também: