Mark Zuckerberg é eleito melhor CEO com base na opinião de funcionários

Por Redação | 15 de Março de 2013 às 16h45

O site de carreiras Glassdoor publicou nesta semana seu levantamento anual dos melhores CEOs de grandes empresas. O ranking com os 50 melhores executivos é feito com base na opinião de funcionários, ex-funcionários e profissionais que planejam entrar em determinadas companhias. E neste ano, Mark Zuckerberg, líder do Facebook, apareceu em primeiro lugar com 99% de avaliação positiva, acima da taxa de 85% de aprovação que recebeu em 2012. As informações são do SlashGear.

No segundo lugar da lista aparecem os executivos da SAP, Bill McDermott e Jim Hagemann Snabe, também com 99%, seguidos por Dominic Barton, CEO da McKinsey & Company, com avaliação positiva de 97%. A quarta posição ficou com Jim Turley, CEO da Ernest & Young, com 96% e, no quinto lugar, ficou John E. Schlifske, da Northwerstern Mutual, com 96%.

O atual CEO da Apple, Tim Cook, aparece na décima oitava colocação, com 93% de avaliação positiva do seu trabalho entre os funcionários, caindo da primeira posição, que registrou 97% de aprovação no último ano. O índice de 93% é, sem dúvida, um bom índice de aprovação e a queda até a 18ª posição é o reflexo da participação mais de 500 mil empresas ao redor do mundo no ranking.

Executivos de outras companhias de tecnologia também aparecerem no ranking com boas avaliações, como é o caso de Paul E. Jacobs, da Qualcomm, que aparece no oitavo lugar com 95% de aprovação; Larry Page, do Google, com 91%, na décima primeira colocação; Jen Hsun-Huang, da NVIDIA, que aparece em 15º lugar com 94% de aprovação, seguido de perto por Jeff Bezzos, da Amazon, na 16ª posição com 93%. Outra característica interessante do levantamento é que apenas uma mulher no cargo de CEO aparece na lista: Sharen Turney, chefe da marca Victoria's Secret, com 82% de aprovação, ficando na 42ª colocação.

Analistas acreditam que a chegada ao topo do ranking de melhor CEO por Mark Zuckerberg indica que mudanças positivas devem estar acontecendo em seus escritórios em Palo Alto, Califórnia, Estados Unidos, e que mesmo com os problemas enfrentados pelo Facebook após seu IPO em maio de 2012, a liderança de Zuckerberg e seu relacionamento com funcionários têm se mostrado pontos positivos para a recuperação da empresa.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.