Mapa exibe avanço do vírus Ebola em tempo real

Por Redação | 21.10.2014 às 09:33 - atualizado em 21.10.2014 às 12:16

A Silk, plataforma de publicação e visualização de dados, criou um mapa global para mostrar a disseminação do vírus Ebola em diferentes datas desde o ano de 1976, quando foi registrado o primeiro relato da doença. De acordo com dados mais recentes, já foram identificados 8.376 casos, com 4.024 mortos. O Ebola é uma grave doença que causa febre hemorrágica e que cuja taxa de letalidade é de até 90%, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O mapa de dados da epidemia Ebola, disponibilizado pela Silk, inclui informações detalhadas da história da epidemia com dados extraídos do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês) dos Estados Unidos e da OMS. Segundo o site indica, "a epidemia mais recente é a pior até hoje".

Silk

O surto de febre hemorrágica que ocorre atualmente é considerado bastante grave. Começou em março deste ano e já dura sete meses. Ele teve início na República de Guiné e se espalhou para países vizinhos como Libéria, Nigéria e Serra Leoa. Outro foco separado ocorre na República Democrática do Congo, onde foi identificada uma cepa diferente do vírus.

Desde 1976, o mundo já presenciou outros 34 eventos referentes ao surto de Ebola. Em alguns casos, apenas uma pessoa foi infectada, em outros algumas centenas, mas nunca milhares de pessoas como está ocorrendo neste ano de 2014. Segundo os dados da Silk, as mortes provenientes da epidemia atual superam em muito o total de baixas dos 34 eventos anteriores.

No site, é possível ver algumas informações como o surto de Ebola com mais tempo de atividade até sua extinção que aconteceu no Gabão em 1996 e durou sete meses. Este surto envolveu 97 pessoas com 66 mortes. Também é possível ver detalhes da primeira epidemia em 1976, que ocorreu na República Democrática do Congo, onde 280 pessoas morreram em decorrência da doença. O surto com maior taxa de mortalidade ocorreu há 12 anos no Congo quando das 143 pessoas infectadas, 128 morreram, representando 90%.

Silk

Se você tem curiosidade sobre o tema poderá consultar os dados do vírus Ebola fornecidos no site da Silk. Lá você encontrará dados bastante detalhados sobre as diversas epidemias da doença. Para acompanhar acesse: https://ebola-outbreaks.silk.co/

Fonte: http://idgnow.com.br/internet/2014/10/19/plataforma-de-dados-silk-exibe-avanco-do-virus-ebola-em-mapa-global-virtual/