Macs podem rodar com processadores ARM em 2016, afirma ex-executivo da empresa

Por Redação | 04.08.2014 às 17:52
photo_camera Business Insider

A Apple atualmente usa a arquitetura Intel em seus computadores, mas algumas informações sugerem que a empresa de Cupertino poderá migrar para os processadores da arquitetura ARM. Os rumores sobre a mudança já circulam há algum tempo, mas especialistas sempre duvidaram que a empresa o faria no futuro próximo.

Porém, segundo o site Cult of Mac, Jean-Louis Gasée, um ex-executivo da Apple, acredita que a empresa poderá fazer a mudança já para 2016.

A principal vantagem em utilizar os processadores da arquitetura ARM é a maior eficiência energética. Esses chips são usados em dispositivos móveis, em sua maioria, como smartphones e tablets, consomem menos e são mais baratos do que os processadores da Intel. E ultimamente esses pequenos têm se tornado tão poderosos quanto os x86, sendo possível tal mudança.

MacBook Air ARM

Além do consumo de energia otimizado, a mudança para os processadores ARM colocaria em efeito a crença de Steve Jobs, o falecido cofundador da companhia, de que a empresa deveria controlar todos os aspectos da fabricação de seus produtos.

Segundo Gasée, além da eficiência energética e do preço, os ARM têm a vantagem de dissiparem melhor o calor, além de apresentarem uma integração mais natural com o resto da máquina, sendo que a complexidade da arquitetura x86 da Intel acaba tornando seus processadores inferiores.

O executivo afirma que é bem possível que vejamos o chip A10 em 2016 nos desktops e notebooks da Apple, o que poderia possibilitar uma fusão do iOS com o OS X, e uma integração maior entre os dispositivos móveis (iPhones, iPads e iPods) e os computadores.