Lenovo registra aumento de 90% em seu lucro trimestral e encosta na HP

Por Redação | 23 de Maio de 2013 às 16h20

A Lenovo tem se destacado no mercado de computadores pessoais no momento em que o setor enfrenta sua mais séria crise. E nesta quinta-feira (23), a chinesa anunciou seus resultados para o primeiro trimestre de 2013 com lucros 90% maiores em comparação ao mesmo período do ano passado. Com isso, a Lenovo se apromixa de tirar o posto de fabricante número um de PCs da HP. As informações são da agência de notícias Reuters.

Com o resultado, a companhia apresentou o seu maior crescimento em sete trimestres, além de superar as estimativas do mercado. "Eles têm sido agressivos na aquisição de vários distribuidores em diferentes regiões, como Brasil, Europa e Japão ao longo dos últimos anos, de modo que, basicamente, isso deu a eles uma melhor distribuição, bem como ganhos na participação de mercado", afirmou Warren Lau, analista da firma Maybank Kim Eng Securities.

O lucro líquido da empresa no período foi de US$ 126,9 milhões (R$ 260,7 milhões), aumento significativo em comparação aos US$ 66,8 milhões (R$ 137 milhões) registrados um ano antes. O resultado superou a previsão dos analistas de lucro líquido, que estava na casa dos US$ 110 milhões (R$ 226 milhões) e também representou o ritmo mais rápido de crescimento da companhia desde o primeiro trimestre do ano fiscal de 2011/2012, quando o seu crescimento praticamente dobrou.

Os investimentos da Lenovo no mercado de PCs para fortalecer seu negócio com a aquisição de outras empresas como, por exemplo, a CCE no Brasil, sua incursão no mercado móvel e dívidas relativamente baixas são alguns dos fatores que fizeram com que a empresa se destacasse no setor mesmo diante de uma queda trimestral de 13,9% em vendas de computadores, segundo dados da IDC.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.