Lenovo fecha acordo de aquisição da Motorola em US$ 2,91 bilhões

Por Redação | 30 de Outubro de 2014 às 10h58
Tudo sobre

Motorola

A chinesa Lenovo afirmou nesta quinta-feira (30) que fechou a aquisição da unidade de celulares da Motorola por US$ 2,91 bilhões. A chinesa havia adquirido a divisão da norte-americana Google, que, por sua vez, havia desembolsado US$ 12,5 bilhões em 2012 para comprá-la.

Segundo a agência de notícias Reuters, a compra da Lenovo vem de encontro com a estratégia da empresa de impulsioná-la como uma forte fabricante de smartphones no mundo e de diversificar os seus negócios, já que hoje a chinesa é a maior fabricante de PCs do mundo. Apesar disso, os números recentes do mercado de computadores vêm trazendo à tona a necessidade da empresa modificar suas fontes de receita.

No período em que a Motorola ficou sob o comando do Google, a empresa voltou a se tornar respeitada e bem sucedida no mercado, ainda que tenha apresentado períodos de baixa. A apresentação de smartphones como o Moto X e o Moto G, além da linha Nexus, colocou a empresa de volta ao importante mercado de smartphones. Apesar da venda, sob o acordo com a Lenovo, o Google continuará a ser dono de uma parte significativa de patentes da Motorola.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.