Larry Ellison deixa presidência executiva da Oracle

Por Redação | 19 de Setembro de 2014 às 11h17

A Oracle Corp. anunciou nesta quinta-feira (18), após o encerramento do mercado financeiro americano, que o seu CEO, Larry Ellison, abdicará do cargo. O executivo, no entanto, continuará a ter funções de chefia na empresa.

Ellison assumirá a diretoria de tecnologia e continuará como presidente do conselho da companhia. Mark Hurd e Safra Catz irão herdar, juntos, a presidência executiva. Catz ainda irá manter suas funções como diretor financeiro.

Cofundador da Oracle em 1977 e no comando da empresa deste então, Ellison foi o responsável por guiar a Oracle até transformá-la na maior empresa de software de banco de dados do mundo. Ele era um dos últimos CEOs fundadores remanescentes da velha guarda das gigantes de tecnologia, após a renúncia de Bill Gates, da Microsoft, e de Steve Jobs na Apple.

Ellison completou 70 anos no mês passado e possui, segundo a Forbes, a quinta maior fortuna do mundo, avaliada em US$ 48 bilhões. Os investimentos do bilionário são bem variados e vão desde mansões e carros luxuosos até um torneio indiano de tênis, renomeado como o BNP Paribas Open desde que ele o comprou, assim como a ilha havaiana de Lanai, adquirida por ele.

Ellison abandonou a faculdade e se tornou um dos principais empresários americanos quando fundou a Oracle em 1977. Em 2012 foi o CEO americano mais bem pago, faturando US$ 96,1 bilhões, segundo a consultoria Equilar.

No comunicado feito, Ellison destacou que Catz e Hurd irão se reportar ao conselho da Oracle e não a ele e que outras relações de subordinação permanecerão inalteradas. “Nós três temos trabalhado bem juntos durante os últimos anos e pretendemos continuar a trabalhar em conjunto no futuro. Manter esta equipe de gestão em vigor tem sido sempre uma prioridade minha”, afirmou ele.

Segundo o comunicado, Ellison continuará a trabalhar em tempo integral na Oracle, mas quer se focar na área de engenharia de produtos, desenvolvimento de tecnologia e estratégia. Já há algum tempo, segundo o BusinessWeek, Ellison havia delegado funções de liderança a Catz e Hurd, mantendo o controle da estratégia de tecnologia da Oracle, função que ele deve manter como diretor de tecnologia.

O dia a dia da Oracle já estava nas mãos de Hurd e Catz há alguns anos, revelaram fontes. Hurd foi contratado em 2010, após ter deixado o cargo de CEO da HP depois de um escândalo sexual. Já Catz está na empresa desde 1999 e ganhou a confiança de Ellison aos poucos.

Fonte: http://www.businessweek.com/articles/2014-09-18/larry-ellison-steps-down-as-oracles-ceo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.