LG quer lançar smartphones com tela flexível já no ano que vem

Por Redação | 10.11.2014 às 18:08
photo_camera Divulgação

Em um roadmap divulgado nesta segunda-feira (10), a LG mostrou o que, para ela, será o futuro do mercado mobile, pelo menos em termos de telas. E a flexibilidade é a palavra de ordem, com os primeiros aparelhos com display maleável dando as caras no mercado já no ano que vem e, quem sabe, tornando-se o carro-chefe de um suposto modelo G4.

Metade disso é especulação, enquanto a outra metade é real. O que temos aqui é a ideia de que os primeiros dispositivos com telas flexíveis chegarão ao mercado em 2015. E que maneira melhor de introduzir uma tecnologia nova desta maneira do que no aparelho topo da linha da empresa, justamente aquele em que muitos usuários que estão dispostos a gastar mais para terem acesso às melhores tecnologias do mercado antes de todo mundo?

Além disso, a marca coreana quer mais. A empresa diz que as telas flexíveis serão uma tendência não apenas no segmento dos smartphones, mas também nas tecnologias vestíveis – como os relógios, por exemplo –, tablets, telas automotivas e até mesmo televisores, que poderão se adaptar à inclinação daquela parede meio esquisita da sua casa na qual nenhum móvel parece dar certo.

É aqui que entram também as telas dobráveis e que podem ser enroladas, uma expectativa antiga e que vive sendo assunto de provas de conceito, mas que ainda parece estar bem longe da realidade. Contudo, para a LG, elas já têm data para chegar: 2017, quando notebooks e tablets conversíveis devem ganhar novas definições e adquirir formas bastante reduzidas e fáceis de se carregar no bolso.

Nas imagens conceituas exibidas no roadmap, já dá para ter ideia do que a marca coreana pretende fazer com tais tecnologias. Além da já citada TV capaz de tomar a forma da parede da sua casa, temos um relógio inteligente que é apenas display, tomando conta de todo o pulso, além de tablets que se encaixam melhor ao campo de visão dos usuários, para garantir maior imersão, e contam com molduras quase inexistentes, aumentando a área de tela e dando o máximo possível de espaço para a exibição de elementos.

LG Roadmap

Para a LG, o segredo para tudo isso está em displays de OLED plásticos, que dariam a resistência necessária na mesma medida em que permitiriam a mudança em tempo real na forma dos displays. É uma tecnologia da qual já ouvimos falar, mas que segundo a ideia da companhia parece estar mais próxima do que nunca de sua aplicação em massa.

Apesar do roadmap dar panorama do que veremos nos próximos anos, ainda não existe nenhum anúncio concreto de aparelho ou solução com as primeiras telas P-OLED maleáveis. Por outro lado, se estamos a um ano da chegada das primeiras delas ao mercado, os rumores não devem demorar a surgir, como sempre acontece no mundo da tecnologia.