LG bate recorde com a distribuição de 12 milhões de smartphones no 2º trimestre

Por Redação | 24.07.2013 às 11:25

A LG Electronics bateu um novo recorde no segundo trimestre deste ano com a distribuição de 12 milhões de smartphones no mundo todo, como anunciou a própria companhia nesta quarta-feira (24). A receita da fabricante sul-coreana fechou o período, encerrado no dia 30 de junho, com US$ 13,6 bilhões (R$ 30,3 bilhões), aumento de 10,1% em comparação ao mesmo período de 2012 devido ao aumento nas vendas em todas as unidades da LG. As informações são do CNET.

O lucro operacional da companhia fechou o segundo trimestre em US$ 426,9 milhões (R$ 954 milhões), aumento de 40% ano a ano, enquanto o lucro líquido da LG fechou em US$ 139 milhões (R$ 310 milhões). A unidade móvel apresentou crescimento de 34,5% em relação ao segundo trimestre do ano passado, com rendimentos na casa dos US$ 2,78 bilhões (R$ 6,2 bilhões). O lucro operacional da divisão cresceu em US$ 54,3 milhões (R$ 121,3 milhões) ano a ano, mas apresentou ligeira redução em comparação aos resultados do primeiro trimestre devido à baixa demanda dos dispositivos para casa e do aumento nos investimentos com marketing.

A empresa acredita que o crescimento em vendas de smartphones possa ter sido potencializado pelas séries L e F, enquanto os modelos topo de linha, como G Pro e o LG G2 ajudarão a companhia a ampliar seu potencial de competição. Acredita-se que a LG irá apresentar sua linha G2 em um evento para a imprensa no dia primeiro de agosto em Nova York, Estados Unidos.

No segundo trimestre, a divisão de entretenimento caseiro registrou receita de US$ 4,9 bilhões (R$ 10,9 bilhões), aumento de 6,4% em comparação ao trimestre anterior, mas estável no comparativo ano a ano. Mesmo com o fraco desempenho do mercado mundial, a LG tem planos para expandir sua linha Ultra HD, ou de resolução 4K, e de TVs de OLED.

Já a unidade de eletrodomésticos da LG teve receita recorde no trimestre, fechando com US$ 2,8 bilhões (R$ 6,2 bilhões) representando um aumento de 10,9% nos rendimentos ano a ano devido às fortes vendas nos Estados Unidos e na China. A divisão de ar condicionado e soluções de energia também apresentou rendimentos na casa dos US$ 1,5 bilhão (R$ 3,3 bilhões), apresentando aumento de 18,4% em comparação ao segundo trimestre de 2012 e 42,5% em relação ao trimestre anterior.