King, a empresa por trás do Candy Crush, vai abrir seu capital

Por Redação | 27 de Setembro de 2013 às 17h47

Depois de reinar absoluta no topo do iTunes e da Google Play do Reino Unido – graças ao viciante Candy Crush –, a empresa de jogos King parece estar pronta para o próximo passo: a Nasdaq. O IPO da companhia pode ser o maior realizado por uma empresa de tecnologia do Reino Unido nos últimos anos.

A King, que costumava ser conhecida com uma espécie de resposta britânica ao sucesso da Zynga (antes de sua queda), apresentou uma documentação "pré-IPO" à Securities and Exchange Commission (SEC), equivalente à nossa Comissão de Valores Mobiliários.

De acordo com o britânico Telegraph, poucos detalhes financeiros sobre a empresa são divulgados. O que se sabe é que seus games foram jogados em uma média de 300 milhões de vezes por mês em 2011, mas agora esse número ultrapassa a marca de 30 bilhões, impulsionado pelo viciante Candy Crush Saga – o game mais popular do Facebook.

No entanto, a King terá algum trabalho para convencer os acionistas de que não vai seguir o mesmo caminho da Zynga. A situação da produtora já estava ruim, e se complicou um pouco mais após o anúncio do seu IPO, no final de 2011, quando não obteve resultados tão positivos como o esperado e fez com que suas ações despencassem.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.