Investimento em capital de risco cresce 12% no trimestre

Por Redação | 22 de Julho de 2013 às 10h00
photo_camera PBI2

Capitalistas de risco investiram US$ 6,7 bilhões em 913 empresas no segundo trimestre de 2013, o que representa um aumento de 12% no financiamento e aumento de 2% em negociações em relação ao primeiro trimestre do ano. Os dados são do relatório "Money Tree", da PricewaterhouseCoopers.

O relatório indica que boa parte desses investimentos foi direcionada para empresas de Internet e biotecnologia. A indústria de software lidera o ranking com US$ 2,1 bilhões de investimentos no trimestre, seguido pela indústria de biotecnologia (US$ 1,3 bilhão).

Porém, os investimentos em software caíram 7% em relação ao primeiro trimestre de 2013, enquanto o setor de biotecnologia registrou um aumento de 41% (em termos de dinheiro investido, e não número de negócios) em relação ao trimestre anterior. Já as empresas de Internet ficaram com US$ 1,9 bilhão dos investimentos deste trimestre, um aumento de 39% em relação ao período anterior. Além disso, dos dez maiores negócios do trimestre, cinco vieram desse setor.

O relatório divide financiamento para negócios em estágio de semente e em fase de investimentos. Em termos de dinheiro investido, a primeira fase retraiu 34% em relação ao trimestre anterior, enquanto a segunda fase subiu 63%. No quesito negócios, a fase de semente também apresentou queda de 29%, enquanto a fase de investimentos aumentou 18%.

Investimento em capital de risco

Reprodução: PricewaterhouseCoopers

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!