Intel promete a introdução de chips e tablets 4G no mercado brasileiro em 2013

Por Redação | 13.12.2012 às 12:03

A Intel realizou nesta quarta-feira (12) um encontro com a imprensa em São Paulo para discutir seu balanço comercial de 2012 e fazer previsões para 2013. Durante a apresentação, Steve Long, presidente da Intel para a América Latina, afirmou que a empresa está se preparando para entrar com força no mercado móvel, 4G e na concorrência com a Qualcomm.

A empresa acredita que 2013 será um ano repleto de desafios no setor da tecnologia, principalmente, com a mudança da computação e o crescimento da mobilidade, com a chegada ao mercado de aparelhos sensíveis ao toque. "2012 podia ter sido melhor", afirmou Long. "O crescimento do mercado de PCs será tímido, bem abaixo dos dois dígitos que esperávamos no início do ano. E se será assim aqui, que é um mercado emergente, imagina em outros mercados".

Para 2013, a Intel anunciou um aumento nos investimentos e parcerias com outras empresas para a sua introdução no mercado móvel. O executivo afirmou durante a coletiva que a empresa já está em contato com produtoras de celulares e smartphones para o uso do seu processador móvel no regime de OEM (Original Equipment Manufacturer), estratégia semelhante à adotada pela Qualcomm.

Além da parceria com a Motorola Mobility, do Google, a Intel informou que outros fabricantes têm interesse em lançar seus dispositivos móveis no Brasil utilizando seu chipset. A companhia também anunciou que a mesma estratégia está sendo usada no mercado de tablets. "Queremos muito criar um ecossistema na região, e claro, no Brasil", disse Steve Long.

Intel tablet

A empresa acredita que 2013 será um ano desafiador para quem trabalha com TI

Sobre a conexão da quarta geração, o 4G, a empresa afirmou que também está trabalhando muito para se tornar uma das referências no setor. Com relação à nova tecnologia, o executivo afirmou que a Intel não planeja trabalhar junto com o programa Startup Brasil, do MCTI (Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação), mas que continuará investindo em novas empresas a partir do seu plano Intel Capital e da área de empreendedorismo e educação.

Outro fator abordado pela Intel em sua apresentação foi a chegada no mercado dos Ultrabooks híbridos e de dispositivos sensíveis ao toque, sinalizando que estes recursos touchscreen estarão presentes em todos os dispositivos com acesso à internet que rodam o novo Windows 8 a partir de 2013. Os primeiros modelos que chegaram ao país são a grande aposta das empresas para o período de vendas de Natal.

"Cada vez mais o mundo está conectado e não há como evitar que a crise na Europa não impacte nos negócios nas demais regiões", ressaltou Long sobre o complicado período de 2012 e os reflexos da crise europeia na economia mundial. "Será um ano desafiador para quem trabalha com TI".