Intel e Qualcomm estariam planejando investir US$ 378 milhões na Sharp

Por Redação | 14.11.2012 às 10:15 - atualizado em 14.11.2012 às 21:55

Os baixos rendimentos e péssima expectativa para o futuro comercial da Sharp têm movimentado o mundo da tecnologia e, nesta quarta-feira (14), fontes ligadas a Intel e Qualcomm afirmaram que as empresas planejam investir US$ 378 milhões (cerca de R$ 780 milhões) na companhia japonesa, garantindo que ela continue suas operações.

As três companhias já estariam conversando sobre o investimento, mas nenhum detalhe sobre o acordo foi divulgado para a imprensa. A Sharp, que possui como seu principal rendimento o mercado de displays, tem nos novos laptops com displays touchscreen uma chance de reavivar seu negócio.

A Intel, por sua vez, está desenvolvendo uma nova série de Ultrabooks touchscreen e demonstra muito interesse em utilizar a tecnologia IGZO da Sharp, que proporciona displays capazes de economizar a bateria dos dispositivos eletrônicos. E, ainda segundo as fontes, a empresa japonesa deverá firmar seu acordo com a Qualcomm até o final do mês de novembro.

Intel

Reprodução: Yahoo!

"A Sharp falou que pretende reduzir dívidas e estoque, mas eles não deixaram claro como pretendem gerar fluxo de caixa e reforçar sua base de capital", afirmou à Reuters Toshiyuki Kanayama, analista sênior da firma Monex Inc.

No entanto, um porta-voz da Sharp afirmou que ainda não foi decidido se a empresa irá aceitar investimentos de outras companhias e tanto a Qualcomm como a Intel negaram a se pronunciar sobre o acordo.

Depois da divulgação do mais recente rumor acerca de novos investimentos na Sharp, as ações da companhia saltaram 11% no último pregão da Bolsa de Valores, mas os corretores afirmaram que esse crescimento não ajudaria muito a companhia a se recuperar.