Intel adquire startup e investe em software no Brasil

Por Redação | 03.04.2013 às 17:26

A Intel anunciou nesta quarta-feira (3) a compra da startup Profusion, com foco em linguagem HTML5, e inicia seus investimentos no setor de software no Brasil. O HTML5 será a base do foco de investimentos da empresa no país. Há menos de um ano, o setor da companhia contava apenas com dois funcionários. Agora, serão 46, com o pessoal da Profusion.

"Começamos a desenvolver no Brasil tecnologia que terá impacto mundial", afirmou Nuno Simões, diretor de software da Intel Brasil. "O país se tornou um dos quatro maiores mercados de computadores do mundo". Até 2015, a empresa acredita que o departamento de software terá 80 pessoas trabalhando efetivamente.

O desenvolvimento de computadores equipados com processadores de alta performance como, por exemplo, os com oito núcleos, precisam de programas que consigam explorar a eficiência do equipamento e rodar em paralelo. Ou seja, se o hardware e o software não estiverem bem entrosados, a experiência do usuário final acaba comprometida. E a Profusion, startup fundada em Campinas, interior paulista, trabalha com a junção do hardware com linguagens como o HTML5.

A startup foi descoberta pela Intel através do seu grupo Open Source, nos Estados Unidos, graças à sua inserção na comunidade de linguagem de programação. Os funcionários da Profusion, que serão incorporados à Intel, trabalharão em conjunto com o centro de desenvolvimento mundial, colaborando com empresas como Google e Apple – a empresa norte-americana também planeja expandir suas atividades em Campinas por questões de espaço (que envolve a sede localizada na cidade de São Paulo).