IBM oferecerá análise de informações com Big Data para usuários leigos

Por Redação | 18 de Setembro de 2014 às 16h00
Tudo sobre

IBM

O chamado Big Data, conteúdo massivo de informações, está cada vez mais presente no ambiente corporativo e aos poucos também passa a fazer parte cotidiana da vida digital dos usuários convencionais. E é pensando em ampliar esse público que a IBM tem trabalhado num serviço em nuvem capaz de realizar análises semelhantes aos das grandes empresas, só que sem a mesma complexidade.

Segundo informações do Techradar, a norte-americana deve utilizar seu supercomputador Watson, que tem hardware capaz de processar 500 gigabytes por segundo. Ao simplificar a análise do Big Data, atualmente mais utilizado por analistas e cientistas, a companhia deve oferecer o Watson Analytics em modelo "freemium", um serviço grátis com possibilidade de pagamento para funcionalidades específicas.

A ideia é fazer com que o Watson seja capaz de responder a leigos sobre perguntas como "quais ofertas são mais promissoras?" de maneira intuitiva como a assistente virtual Siri da Apple faz.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para utilizar, o usuário precisaria encaminhar todo seu conteúdo para análise por meio do serviço em nuvem ligado ao Watson. Isso poderá ser feito via computadores ou dispositivos móveis até o final do ano, com um aplicativo ou no próprio navegador.

"Eliminamos a barreira entre as respostas que as pessoas procuram, as análises que elas querem e os dados na forma que elas precisam", afirma Bob Picciano, profissional da área de análise de informação da IBM. "A combinação das análises 'turbinadas' pelo Watson para ampliar a cognição humana, o vasto potencial do Big Data e a entrega em escala de nuvem para PCs, smartphones e outros dispositivos é transformadora", acrescenta.

Para oferecer o serviço, a IBM deve investir algo em torno de US$ 1 bilhão no Watson, que roda com os serviços em nuvem IBM Soft Layer. O Watson Analytics deve estar disponível em versão beta nas próximas semanas, com versão "freemium" em novembro.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.