IBM está planejando vender a divisão de microchips

Por Redação | 10.02.2014 às 07:45

A IBM parece estar pensando em vender a sua divisão de chips semicondutores. Segundo relatos do Financial Times, a tradicional fabricante de computadores e servidores recorreu à Goldman Sachs solicitando ajuda para por um preço na divisão e encontrar potenciais compradores para ela.

A notícia surge poucos dias depois da norte-americana confirmar a venda da divisão de servidores de baixo custo à fabricante chinesa de computadores Lenovo por US$ 2,3 bilhões. Se realmente conseguir fechar acordo com alguém e vender a divisão de chips, a IBM atingirá o objetivo de se livrar da maior parte da área de hardware que vem dando prejuízo à companhia.

O último relatório financeiro supreendeu pelos ganhos obtidos no último trimestre de 2013, mas confirmou as suspeitas de que a divisão de hardware é a que vem impedindo a empresa de lucrar mais. "A divisão de hardware e mainframes está afetando nossos resultados globais", reconheceu o CFO da companhia, Martin Schroeder.

Para mudar o cenário e atender às expectativas dos investidores, a empresa deu início a uma faxina que começou pela venda de servidores de baixo custo à Lenovo e que provavelmente culminará num programa de demissão voluntária de cerca de 15 mil funcionários. Até lá, é provável que ela consiga efetuar a venda da divisão de chips e, dessa forma, maximizar os lucros para satisfazer Wall Street.