IBM e NVIDIA fecham acordo para construir os computadores mais rápidos do mundo

Por Redação | 17.11.2014 às 16:37

A IBM e a NVIDIA, juntamente com o Departamento de Energia dos Estados Unidos, fecharam com acordo de US$ 325 milhões para a construção de dois supercomputadores que serão entregues em 2017. Outros US$ 100 milhões serão entregues para serem gastos com pesquisas em altíssimas escalas de supercomputação.

De acordo com o Techradar, uma das máquinas, chamada de Summit, será entregue com objetivos de pesquisa civil, substituindo a Titan no Oak Ridge National Laboratory. Já o outro equipamento, batizado de Sierra, irá para o Laboratório Nacional Lawrence Livermore, na Califórnia, onde será utilizado principalmente para simulações de armas nucleares.

A parceria entre as duas companhias visa combinar a nova abordagem da gigante em computação com os aceleradores de processamento da fabricante de processadores - a IBM fornecerá energia da GPU, enquanto a NVIDIA ficará com a interface NV-Link. Cada uma das máquinas terá um desempenho máximo que ultrapassa 100 petaflops, ou seja, um quatrilhão de cálculos por segundo. Isso é equivalente a 3 milhões de laptops trabalhando jutos, segundo estimativas da NVIDIA.

Para se ter uma ideia do potencial dos novos aparelhos, há algumas semanas o Reino Unido adquiriu um supercomputador chamado Cray por 97 milhões de libras esterlinas. Este, por sua vez, atinge "apenas" 16 petaflops de pico.

Fonte: http://beta.techradar.com/news/world-of-tech/ibm-and-nvidia-to-produce-world-s-fastest-supercomputers-1273211?src=rss&attr=all