IBM adquire ativos de startup que refina resultados de busca

Por Redação | 31.03.2015 às 10:07

Na última sexta-feira (27), a IBM anunciou que adquiriu ativos da Blekko, uma startup que desenvolveu um motor de busca que visa fornecer melhores resultados de pesquisa do que os oferecidos pelos populares Google Search, Bing e DuckDuckGo.

A tecnologia da Blekko será utilizada para incrementar o supercomputador Watson, da IBM. "Isso irá fornecer acesso a conteúdos adicionais que podem ser infundidos em produtos e serviços baseados no Watson e entregues pela IBM e seus parceiros", disse a empresa por meio de um post no seu blog Smarter Planet.

Apesar de não ter revelado muitos detalhes acerca do acordo, a IBM disse que a Blekko vai trazer para o Watson capacidades como filtragem inteligente e categorização nas buscas. A tecnologia vai complementar a recente aquisição da AlchemyAPI, uma startup que desenvolve softwares voltados para análise de grandes quantidades de dados.

A IBM disse ainda que está trazendo o poder da computação cognitiva para o alcance de todos, "ajudando a melhorar, escalar e acelerar a disseminação de conhecimento humano".

Veja também: Supercomputador Watson, da IBM, vai aprender a "falar" japonês

A Blekko foi fundada em 2007 e levantou US$ 60,2 milhões ao longo de nove rodadas de investimento. Os investidores da startup incluem Marc Andreessen e Ron Conway, CMEA Capital, PivotNorth Capital e U.S. Venture Partners.

Fonte: A Smarter Planet Blog