Howard Stringer, presidente da Sony, anuncia sua aposentadoria

Por Redação | 11 de Março de 2013 às 14h25

Howard Stringer, primeiro presidente estrangeiro da Sony Corporation, anunciou na última sexta-feira (8) que deixará o cargo na companhia e irá se aposentar em junho deste ano. A Sony confirmou a notícia ontem (10) e Stringer deverá oficializar sua saída na assembleia geral de acionistas. As informações são do jornal The New York Times.

Stringer, que trabalhou por 15 anos na Sony, assumiu o cargo de presidente e chefe-executivo em 2005, quando a companhia passava a enfrentar a forte concorrência de empresas como Apple e Samsung. A empresa está enfrentando um período conturbado nos negócios, tendo registrado sua pior perda em 67 anos de história no ano fiscal de 2012, que termina no final de março.

"Tive o prazer de entregar as rédeas da companhia a Kazuo Hirai no ano passado, porque vi nele a mistura certa de habilidades para conduzir a Sony, e eu achei que estava na hora de fazer uma mudança geracional na adminsitração da empresa", afirmou Howard Stringer durante seu pronunciamento. "Ao longo do ano passado, ele conseguiu apresentar sua visão e está levando a Sony com autoridade".

O executivo também afirmou que deverá se manter ocupado com trabalhos sociais na área de educação e medicina e planeja continuar no cargo de presidente do American Film Institute. Antes de ingressar na Sony, Stringer teve uma longa carreira como jornalista, produtor e executivo na rede norte-americana CBS.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.