Hospital americano usa iPads para manter as mães em contato com recém-nascidos

Por Redação | 10 de Abril de 2013 às 12h05

Bebês prematuros ou com complicações apresentadas após o seu nascimento são diretamente encaminhados para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) neo-natal e acabam ficando longe de suas mães. O hospital Cedars-Sinai Medical Center em Los Angeles, Estados Unidos, começou a usar iPads para manter as mães em contato com seus bebês e médicos no centro intensivo. A notícia saiu no Tuaw.

A condição pós-parto de muitas mães pode impedí-las de se dirigir até a UTI para visitar seu bebê devido a infecções, complicações pós-cirúrgicas ou dificuldades para se levantar da cama - para ter uma ideia, segundo o Cedars-Sinai, de 20% a 30% das mães que passaram por uma cesariana não se sentiram bem ou conseguiram sair de suas camas nas 24 ou 48 horas após a operação. Com os iPads, essas mães podem ver seus bebês de perto, interagir com eles e com a equipe médica da UTI neo-natal.

"O BabyTime (como está sendo chamado o projeto) servirá como uma ponte de comunicação entre a família e a equipe médica do bebê, e é um excelente uso da tecnologia para ajudar as novas mães a manterem vínculos com seus bebês mesmo quando não podem estar juntos fisicamente. Quando os médicos e enfermeiros estiverem tratando o bebê na UTI, a mãe pode estar virtualmente presente, fazer perguntas e ter novidades sobre o quadro do seu filho", afirmou em nota oficial Charles F. Simmons Jr., chefe do departamento de pediatria do Cedars-Sinai.

iPad hospital mães bebês

Foto: Divulgação

Assim que um bebê recém-nascido é encaminhado para a UTI, um iPad é instalado próximo à sua encubadora e outro posicionado ao lado do leito materno, permitindo que as mães acessem as imagens em tempo real do berço do seu filho e conversem com os médicos até duas vezes ao dia. O hospital também é um dos primeiros a adotar iPhones para sua equipe médica, facilitando assim a comunicação entre médicos e enfermeiros.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.