HP encerra oficialmente serviços com webOS

Por Redação | 16 de Outubro de 2014 às 11h17

A HP, uma das criadoras do webOS e principais financiadoras de seus primeiros dias, anunciou que irá encerrar oficialmente todos os seus serviços com a plataforma. A empresa informou que, a partir do dia 15 de janeiro do ano que vem, deixará de dar suporte aos smartphones e tablets com o sistema operacional, fechando sua loja online de aplicativos e todos os serviços de computação nas nuvens relacionados a ele.

De acordo com as informações do Venture Beat, todos os dispositivos com a plataforma continuarão a funcionar, claro. Mas, a partir de 2015, não serão mais atualizados nem receberão novidades. Além disso, será impossível baixar novos softwares e os usuários terão que buscar novas alternativas, de terceiros, para transferir seus arquivos dos gadgets para a nuvem.

Mas não é como se o webOS viesse recebendo um grandioso suporte por parte da HP e o encerramento das atividades fosse uma surpresa. O sistema operacional iniciou sua vida há poucos anos, quando foi adquirido da Palm e ganhou vida nova pelas mãos da HP. Na época, a intenção da norte-americana era de criar sua plataforma proprietária para o mercado mobile e, quem sabe, competir de igual para igual com o iOS e o Android.

A iniciativa, porém, não deu muito certo. A HP lançou apenas dois smartphones e um tablet com o sistema e viu o suporte de outras fabricantes minguando enquanto ela própria encontrava problemas para garantir que tudo funcionasse bem. Eventualmente, as atualizações para a plataforma cessaram em 2012, enquanto as baixas vendas dos aparelhos com o webOS o tornaram pouco popular.

Por outro lado, mesmo com o fechamento das atividades da HP, o sistema operacional ainda respira. A plataforma, agora, é de propriedade da LG, que pretende utilizá-la em sua nova geração de televisores inteligentes e, quem sabe, até de smartwatches. Para a empresa, a interface bastante atrativa da plataforma, bem como seu sistema de cartões para exibição de conteúdo, pode se encaixar perfeitamente nesse tipo de dispositivo. Se a ideia der certo, parece que o webOS pode finalmente encontrar um cantinho confortável para viver.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.