HP deve demitir cinco mil funcionários até outubro de 2014

Por Redação | 03 de Janeiro de 2014 às 06h50

A divulgação do relatório fiscal anual da HP veio com mais uma notícia ruim para seus investidores e funcionários. A empresa, que passa atualmente por um plano de reestruturação, deve cortar mais cinco mil empregos até outubro de 2014, como parte de um esforço para poupar até US$ 3,5 bilhões.

A onda de demissões foi anunciada pela primeira vez em maio de 2012, como iniciativa para a recuperação. O total de funcionários mandados embora, porém, tem aumentado de forma exponencial. Originalmente, 27 mil vagas seriam cortadas, mas com as novas informações, esse número já chega a 34 mil, o equivalente a cerca de 10% dos empregados da HP.

A empresa informa que, entre maio de 2012 e outubro de 2013, o quadro de funcionários ficou em 317,5 mil pessoas, uma redução drástica em relação a períodos anteriores, com números que sempre ultrapassavam a marca dos 350 mil em uma janela menor de tempo.

Conforme explica o site Ars Technica, a CEO da HP, Meg Whitman, já havia afirmado antes que 2014 seria o ano de recuperação plena da HP. Apesar de informações sobre demissões e cortes sempre serem más notícias, os ventos parecem estar mais favoráveis para a empresa, que saiu de um prejuízo de US$ 12,6 bilhões em 2012 para um pequeno lucro em 2013, registrando um balanço positivo de US$ 5,1 bilhões.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.