Groupon anuncia uma série de demissões

Por Redação | 09 de Novembro de 2012 às 13h11

O Groupon admitiu que, nos últimos seis meses, demitiu 648 funcionários da sua equipe de vendas. Segundo o BusinessInsider, a companhia possui mais de 10 mil funcionários em todo o mundo.

O Groupon ainda é uma empresa rentável, porém, tem experimentado uma situação não muito confortável. A empresa viu seu fluxo de caixa cair de US$ 64 milhões no segundo trimestre de 2012 para US$ 42 milhões no terceiro trimestre.

As coisas na Bolsa de Valores também não andam muito boas, já que a empresa viu suas ações caindo para um novo recorde de baixa na última semana. No momento elas estão sendo negociadas a US$ 3,85, um valor muito menor do que os US$ 20 de um ano atrás, no momento da sua Oferta Pública Inicial.

A crise na Europa interferiu diretamente nos resultados negativos do Groupon, que esperava muito mais de seus clientes. A economia não está aquecida e houve cortes nos gastos na região, o que diretamente influenciou na decisão dos consumidores em não optar por compras de valores mais altos nas ofertas coletivas.

Recentemente o Groupon foi expulso do Comitê de Compras Coletivas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico por disponibilizar ofertas contrárias às normas da organização.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.