Groupon: Andrew Mason é demitido de sua própria empresa

Por Redação | 01.03.2013 às 08:00

Nesta quinta-feira (28), o CEO e fundador do Groupon, Andrew Mason, anunciou sua saída da empresa de compras coletivas. Por meio de um comunicado enviado aos funcionários, o executivo explica que a liderança da companhia precisa de sangue novo para tentar levantar os números.

Com o preço das ações do Groupon passando por um longo declínio, essa parece ter sido a melhor saída. Assim que foi anunciado o seu desligamento, os papéis recuperaram 7,1%, chegando a um valor de US$ 4,86, conforme informações do Daily Finance.

Após o anúncio dos resultados negativos do último trimestre, a empresa viu suas ações despencarem 25% em apenas um dia. Enquanto não encontram um novo CEO, o chairman Eric Lefkofsky e o vice-chairman Ted Leonsis vão assumir o comando interino da empresa. No comunicado, Andrew também assumiu a culpa pelas "métricas controversas" apresentadas pela companhia.

"Depois de quatro anos e meio intensos e maravilhosos como CEO do Groupon, eu decidi que quero passar mais tempo com a minha família. Brincadeira - eu fui demitido", escreveu Andrew em seu comunicado de despedida, mantendo seu típico bom humor.