Governo federal quer comprar lacres eletrônicos para monitorar provas do ENEM

Por Redação | 29 de Agosto de 2012 às 14h55

O Ministério da Educação divulgou o edital de uma licitação nesta quarta-feira (29) para a compra de lacres eletrônicos para serem utilizados nos malotes com as provas do ENEM 2012 (Exame Nacional do Ensino Médio). O governo pretende comprar 100 mil lacres que custarão aproximadamente R$19,93 milhões.

Segundo a Info, com o novo sistema, o governo poderá monitorar de perto quando os malotes com as provas - serão mais de 45 mil malotes distribuídos em todo o território nacional - serão lacrados ou abertos. Além disso, os lacres também ajudarão na identificação de possíveis fraudadores.

Estudantes fazendo prova ENEM

O governo afirma que os lacres poderão ser utilizados em outras provas

O governo também afirma que os lacres ajudarão na logística das provas e em manter a seriedade e integridade do exame nacional. Ainda de acordo com o órgão, os feixos eletrônicos poderão ser utilizados em outras provas aplicadas pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais).

Na edição 2011 da prova, estudantes de uma escola pública no Ceará receberam material de apoio com as perguntas que constavam no ENEM. As perguntas vazaram em um pré-teste realizado pelo MEC para analisar o nível do exame.

O ENEM 2012 acontecerá nos dias 3 e 4 novembro e a divulgação do gabarito está prevista para o dia 7 de novembro. A avaliação final do exame será divulgada apenas no dia 28 de dezembro.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.