Google trabalha em projeto para organizar e pagar faturas via Gmail/Inbox

Por Redação | 25.03.2015 às 08:25

O Google está trabalhando num projeto que visa facilitar o recebimento e pagamento de faturas. O chamado Pony Express permite que as pessoas usem diretamente suas contas do Gmail para pagar boletos, sem que elas precisem sair de casa para fazer isso.

Os detalhes foram flagrados por uma extensa documentação descoberta pelo pessoal do Re/Code. O novo serviço está previsto para começar no final do ano e ainda não está claro se Pony Express é um nome temporário ou se será realmente utilizado no mercado. Por enquanto, uma porta-voz do Google recusou comentar a respeito.

O projeto se encaixa na intenção do Google de enviar para o mundo digital todas as informações da vida "offline". Um exemplo disso é a digitalização de livros no Google Books, que até agora já escaneou mais de 30 milhões de volumes. Obviamente, o Google não quer só facilitar a vida de todo mundo mas também monetizar sobre esses dados. Com o Pony Express, a companhia poderia utilizar as informações financeiras para expandir seus negócios.

Contas de cartão de crédito e histórico de pagamentos poderiam, por exemplo, servir como porta de entrada para o mercado de finanças pessoais e empréstimos. Os dados poderiam ser utilizados para refinar o modo como os anúncios são direcionados para as pessoas físicas no Google, YouTube e sites parceiros, embora isso necessite ser revisado pelas políticas de privacidade. Não está claro se a companhia lucraria diretamente com possíveis taxas de serviço do Pony Express.

O documento apresenta também um "passo-a-passo" de como as pessoas poderiam ser inscrever. O usuário de Gmail precisaria fornecer suas informações pessoais, como nome, endereço, número da Segurança Social nos EUA (em nosso caso deve ser requisitado CPF e número de identidade). Talvez sejam necessários também um número de cartão de crédito ou número de telefone completo.

O Google já estaria fazendo parcerias com fornecedores de faturas para prestadores de serviços, tais como companhias de seguros, empresas de telecomunicações e utilidades. Não ficou muito claro na documentação encontrada se a companhia está também trabalhando diretamente com esses prestadores de serviços.

Uma vez autenticado, o usuário pode receber as faturas e e-mails relacionados em contas do Gmail ou do Inbox, o novo serviço de correio eletrônico do Google. O faturamento eletrônico não é algo novo - várias empresas de telecomunicações, por exemplo, permitem o faturamento sem papel. O que o Google poder trazer de novidade é a possibilidade de organizar melhor essas contas numa pasta/serviço especial chamado Pony Express.

Uma das coisas mais úteis do novo serviço é a possibilidade de pagar usando a conta bancária, ao invés apenas do cartão de crédito ou um boleto para ser pago depois. Com o Pony Express, será possível expandir as possibilidades do Google Wallet e utilizar um cartão de débito. Ainda não há confirmação se o Pony Express será utilizado juntamente com o Google Wallet ou se será algo completamente separado, contudo, a gigante de Mountain View não deve deixar para trás tudo o que aprendeu até agora sobre pagamentos digitais com o Google Wallet.

PONY EXPRESS

Com o Pony Express, também será possível compartilhar uma fatura com outro usuário do Gmail, com a opção de automatizar esse processo, o que deve facilitar a divisão de responsabilidades monetárias de cada colega de quarto numa república, por exemplo. Entre outras ferramentas, está uma que puxa as informações de contato de atendimento ao cliente para um determinado provedor de serviços e um arquivo digital com imagens tiradas de parte dos e-mails utilizados.

Esta não seria a primeira vez que uma companhia tenta centralizar e organizar todas as contas a pagar num único local. Uma startup chamada Manilla, apoiado pela Heart, ofereceu algo semelhante, durante vários anos, até fechar em 2014. O aplicativo Check também permite as pessoas ver suas faturas. A Intuit comprou a Check no ano passado por US$ 360 milhões. Neste cenário, a grande vantagem do Google seria, então, sua extensa comunidade de milhões de usuários de seus serviços de e-mails.

Via Re/Code.

Fonte: http://recode.net/2015/03/24/google-working-on-project-to-let-you-receive-and-pay-bills-directly-inside-gmail/