Google remove 1 milhão de sites piratas diariamente dos resultados de busca

Por Redação | 21 de Agosto de 2014 às 09h10

Com o objetivo de tirar sites piratas do ar, milhares de detentores de direitos autorais têm sobrecarregado o Google com notificações da iniciativa DMCA (Digital Millennium Copyright Act) diariamente.

Segundo informações do Torrent Freak, os pedidos aumentaram drasticamente desde que o Google passou a disponibilizar os dados publicamente. Há alguns anos, a empresa recebia apenas algumas notificações durante um grande período de tempo, atualmente é necessário processar milhões de links supostamente infratores por semana.

Após o começo da iniciativa há alguns meses, o número de URLs relatadas aumentou exponencialmente mês após mês. Agora, pela primeira vez, o Google passou a processar uma média de mais de um milhão de URLs por dia.

Na semana passada, por exemplo, o Google foi solicitado para retirar mais de 7,8 milhões de resultados. O número é 10% maior que o último recorde registrado na semana anterior. O gráfico abaixo oferece uma visão de como o serviço passou a ser altamente solicitado nos últimos anos, com crescimento expressivo nos últimos meses:

Google DMCA

Para entender as perspectivas comparadas desses números, em 2008 o Google recebia em média uma solicitação a cada seis dias, atualmente ele é solicitado para remover uma página infratora a cada 8 milissegundos.

O grande aumento de solicitações, no entanto, também causa alguns problemas. Foi relatado que diversas páginas retiradas do ar não continham nenhum material protegido por direitos autorais, não caracterizando erro ou abuso. O Google tem um bom histórico de identificar esses erros, no entanto desde que a revisão de todos os links manualmente se tornou inviável, algumas URLs são removidas indevidamente.

A companhia afirmou que está fazendo o melhor que pode para responder as solicitações dos detentores de direitos autorais e em 2013 ela até chegou a divulgar um relatório explicando detalhadamente as medidas antipirataria que adota. No entanto, grupos industriais afirmam que a empresa pode e deve fazer mais.

Para a RIAA o alto número de solicitações com pedidos de remoção mostra que o processo não é muito eficaz. Segundo Brad Buckles, vice-presidente executivo antipirataria da organização, o Google deveria começar a proibir domínios inteiros em seus resultados de busca. “A cada dia produz mais resultados e não há fim à vista. Estamos usando um balde para lidar com um oceano de download ilegal”, afirmou Buckles.

A questão também envolve uma discussão jurídica nos Estados Unidos. No início deste ano a Subcomissão da Casa do Judiciário realizou uma audiência sobre a DMCA. Reunindo detentores de direitos autorais, fornecedores de serviços na internet e outros interessados, o objetivo do encontro foi avaliar como otimizar o processo.

Apesar de todos os esforços, a expectativa é que o número de pedidos de remoção continue aumentando e atinja a casa de 10 milhões de pedidos semanais.

Fonte: http://torrentfreak.com/google-asked-to-remove-1-million-pirate-links-per-day-140820/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+Torrentfreak+%28Torrentfreak%29

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.