Google pode deixar de ser o buscador padrão da Apple em 2015

Por Redação | 25.11.2014 às 19:57

De acordo com o site americano The Information, a Apple pode deixar de usar o Google como buscador padrão de seu navegador Safari já a partir do começo do ano que vem. Em substituição ao motor da companhia de Mountain View, a Maçã teria entrado em negociações com o Yahoo! e a Microsoft para selecionar a melhor proposta.

O contrato de exclusividade entre Google e Apple termina em 2015, o que levaria a gigante de Cupertino a optar por outro mecanismo de pesquisas. Atualmente, o Google é a ferramenta de busca padrão em todas as versões do Safari, ou seja, web e mobile.

A mudança do buscador do Google no Safari não chega a ser algo novo. Em 2013, com o lançamento da Siri no iOS 7, os resultados da pesquisa eram gerados automaticamente pelo Bing, da Microsoft. No entanto, os usuários ainda tinham a opção de solicitar à assistente pessoal que fizesse a pesquisa pelo Google.

Também vale lembrar que há algum tempo o a Apple tenta diminuir sua dependência dos produtos do Google. Os exemplos mais recentes são o Maps e o YouTube, que desde 2012 não vêm instalados de fábrica nos iPhones e precisam ser baixados manualmente pela App Store.