Google pode assumir defesa e indenizar Samsung em processo por patentes

Por Redação | 23 de Abril de 2014 às 14h37
Tudo sobre

Samsung

A briga judicial entre Apple e Samsung devido a uma série de patentes acaba de ganhar um novo participante, o Google. Segundo obrigações contratuais, a empresa deve assumir a defesa nas acusações relacionadas a quatro tecnologias registradas e, inclusive, indenizar a fabricante coreana caso ela venha a perder os processos relacionados a ela.

A informação é antiga e data do início do processo, mas foi revelada em audiência realizada nesta terça-feira (22) por representantes legais da Apple. Das quatro patentes assumidas pelo Google, duas já foram deixadas de lado. As restantes são relacionadas a sistemas de sincronização de dados em segundo plano e buscas universais, que compreendem não apenas a internet mas também informações presentes no próprio aparelho.

O envolvimento do Google já vinha sendo cogitado há algum tempo já que boa parte das patentes disputadas pela Apple contra a Samsung está relacionada ao sistema operacional Android ou seus aplicativos, e não necessariamente a aparelhos da marca. Esta, porém, foi a primeira vez que a gigante da tecnologia foi citada especificamente como parte do processo. As informações são do site Re/code.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Mas, por mais que as patentes envolvidas no processo se relacionem ao sistema operacional, as leis de proteção de propriedade intelectual permitem que o detentor original processe a fabricante dos produtos finais que possuam a tecnologia. É por isso que o processo da Apple é voltado não ao Google, mas à Samsung, da qual a empresa de Cupertino quer indenizações que podem chegar a US$ 2 bilhões.

A proteção do Google para esse tipo de situação, porém, faz parte do acordo firmado entre a fabricante de software e as empresas que produzirão aparelhos com o Android. Como as companhias estão distribuindo aplicações que pertencem à empresa de tecnologia, qualquer processo relacionado a isso será de responsabilidade da gigante.

Isso, claro, depende de acordo entre as corporações que estão sendo vítimas do processo. Conforme os documentos revelados pela Apple, o Google se prontificou a assumir os custos legais e indenizar a Samsung em caso de derrota na justiça, mas, em pelo menos uma mensagem, a fabricante coreana negou esse apoio. Não se sabe ao certo qual foi o acordo exato firmado entre as duas empresas.

Apesar disso, dá para esperar algum tipo de participação ativa da empresa no caso. Algo semelhante já aconteceu antes, quando a Nokia processou a HTC e o Google interviu diretamente no processo. A empresa de advocacia responsável pela defesa da Samsung é a mesma utilizada nesse caso, além de ter participado de outras ações semelhantes no passado, o que indica que alguma forma de cooperação deve estar acontecendo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.