Google melhora filtro anti-spam do Gmail

Por Redação | 14.08.2014 às 08:00
photo_camera Mashable

Preocupado com a segurança de seus usuários, o Google agora está aumentando a capacidade do Gmail em detectar e bloquear e-mails potencialmente maliciosos, a fim de barrar cibercriminosos que tentam explorar semelhanças entre caracteres Unicode para enganar as vítimas, fazendo com que elas cliquem em links nocivos. Agora, o Google oferece um novo filtro de spam que adiciona uma camada de proteção contra fraudes.

A novidade foi lançada dias depois do suporte a caracteres não-latinos ter sido anunciado pelo gigante das buscas. Tentando oferecer uma "experiência perfeita de correio em várias línguas", o Gmail agora suporta caracteres acentuados e em chinês, por exemplo. E o Unicode, formato que fornece um padrão de codificação de caracteres para todos os sistemas de escrita do mundo, acaba sendo um prato cheio para os mal-intencionados.

Saiba mais:

Um exemplo é a letra "a" minúscula do alfabeto cirílico e do latino, que são bastante semelhantes. Links maliciosos podem redirecionar usuários menos atentos a sites de scam e phishing sem que eles percebam. Estes cibercriminosos, conhecidos também como scammers, podem pegar URLs já conhecidas mundialmente e trocar um ou outro caractere para fazer com que o link leve a um site malicioso que sequestra dados.

Alfabetos

“Scammers podem explorar o fato de que algumas letras parecem quase idênticas e, ao combiná-las, possam enganar vítimas inocentes. Você pode imaginar o risco de clicar ‘MyBank’ versus ‘MyBɑnk’?”, publicou a empresa em comunicado oficial.

"A comunidade Unicode identificou combinações suspeitas de letras que podem enganar muita gente, e agora o Gmail vai começar a rejeitar e-mails com essas combinações", escreveu Mark Risher, membro da equipe Spam & Abuse do Google.

As alterações começam a valer a partir de hoje.