Google e consórcio Rockstar fecham acordo e encerram disputa de patentes

Por Redação | 24.11.2014 às 16:00

As gigantes da tecnologia estão em guerra constante devido patentes registradas. Uma forma que foi encontrada para amenizar as disputas judiciais por conta dessas desavenças foi a criação de alguns consórcios e parcerias que visam compartilhar a tecnologia entre empresas, excluindo a necessidade de pagamentos de direitos.

O consórcio Rockstar é um dos que se encaixam neste mecanismo, e é comandado pelas companhias Apple, BlackBerry, Microsoft, EMC, Ericsson e Sony. A entidade comprou as patentes da Nortel após a empresa ter declarado falência e atualmente possui mais de 6 mil patentes que até então eram de posse da Nortel.

Uma das disputas que envolve o grupo é com o Google que, segundo a Rockstar, utiliza sem autorização patentes da antiga Nortel no sistema operacional Android. No entanto, como as disputas têm desgastado a relação entre as empresas, muitas têm optado por uma saída amigável. E foi esse o resultado entre a Rockstar e a gigante das buscas, que fecharam recentemente um acordo para dar fim aos entraves causados pela guerra de patentes entre as duas instituições. Saiu na BBC.

As duas companhias se afastam de uma disputa nos tribunais e estabelecem regras para a utilização das patentes que eram alvo das disputas por parte do Google. O acordo ainda não foi oficialmente assinado; o que existe no momento é uma declaração de intenções, mas em breve as negociações devem ser encerradas. Mesmo assim, entre as informações divulgadas, não se explica a contrapartida do Google para utilizar as patentes da Rockstar, se haverá um pagamento único ao consórcio ou se pagamento mediante a utilização de cada tecnologia.

O acordo encerra apenas a batalha judicial entre Google e Rockstar, mas o consórcio ainda mantém outras disputas sobre o uso das patentes sem o pagamento dos direitos. Os principais alvos são empresas que utilizam o Android usando patentes não autorizadas, incluindo a Asus, HTC, Huawei, LG, Pantech, Samsung e ZTE.

O consórcio Rockstar fechou outro acordo no início de novembro, dessa vez com a Cisco, tendo em vista um objetivo semelhante de resolver amigavelmente a disputa de patentes. Na negociação, foram pagos ao consórcio US$ 118 milhões pela Cisco para utilização de patentes.

Mas os processos por conta de violação de patentes devem estar longe de terminar, uma vez que a Rockstar mantém disputas judiciais ligadas ao pagamento de US$ 4,5 bilhões usados em patentes por gigantes da indústria em 2011. No entanto, acordos com o objetivo de encerrar essas disputas de forma amigável não estão descartados, com o uso legal das patentes no Android e em dispositivos que usam o sistema operacional.

Fonte: http://pplware.sapo.pt/informacao/google-e-apple-acabam-com-guerra-de-patentes/