Google é acusado de fraude no AdSense

Por Redação | 22 de Maio de 2014 às 08h43

O Google foi acionado judicialmente nesta terça-feira (20) devido a acusações de que estaria cancelando contas do AdSense assim que elas ficam sem pagamento.

De acordo com o CNET, a ação leva em consideração denúncias anônimas recentes, do final de abril, que dizem que o AdSense teria um suposto esquema de cancelamento de contas para evitar que o Google fizesse pagamentos devidos. As afirmações teriam vindo de um ex-funcionário da empresa. Como o AdSense é uma grande fonte de receita do Google – em 2013 a companhia faturou quase US$ 58 bilhões com seu serviço de publicidade – o caso tomou proporções maiores.

"O comportamento do Google constitui quebra de contrato, violação do pacto implícito de boa-fé e negociação justa, enriquecimento ilícito e violação da Lei de Competição Injusta da Califórnia", indica o texto da ação judicial apresentada na Corte Distrital do Norte da California. O processo prevê ação coletiva de todos os usuários norte-americanos do AdSense que se sentiram lesados da mesma forma que a denúncia anônima acusa o Google.

O caso ganhou força quando Hagens Berman Shapiro, em nome da Free Range Content, proprietária californiana do Repost.us, disse ter encontrado uma movimentação anormal em sua conta do AdSense, no valor de US$ 40 mil. Ao tentar saber mais sobre o fato incomum junto ao Google, a companhia encerrou a conta dois dias antes do contato com o representante. O Google, por sua vez, teria recusado entrar em contato com a Free Range.

O ex-funcionário alegou que o Google tem uma política interna, inclusive com códigos de cores, para bloquear ou aprovar diferentes tipos de assinaturas de AdSense, chamada de Adsense Quality Control Color Codes (ou "Controle de Qualidade de Código de Cores AdSense").

"Diziam para a gente começar a banir as contas que estavam próximas do período do acerto de contas. O objetivo era fazer com que o dinheiro devido aos anunciantes voltassem para o AdSense, depois de já ter levado os anúncios ao público", diz a acusação.

Matt Cutts, executivo responsável pela equipe de spam do Google Web, classificou a acusação de "conspiração falsa". O Google, entretanto, ainda não comentou a ação judicial.

Fonte: http://www.cnet.com/news/new-lawsuit-accuses-google-of-adsense-fraud/#ftag=CAD590a51e

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.