Google é acusado de ferir lei antitruste

Por Redação | 02 de Maio de 2014 às 17h04

O Google está sendo acusado de violar a lei antitruste. A companhia sofre processo registrado no US District Court of Northern California por utilizar a negociação de seu sistema operacional Android para monopolizar o mercado de busca em dispositivos móveis.

Segundo informações do CNet, o Google estaria fazendo acordos sigilosos com fabricantes para que o Android rode em seus aparelhos, embutindo seu famoso aplicativo de busca juntamente com outros, como o YouTube e Google Play. Suspeita-se que a companhia até mesmo tenha uma forma de parceria em que os vendedores de dispositivos móveis com seu sistema operacional podem usufruir de suporte financeiro, técnico e judicial.

Essa teoria teria sido comprovada com o apoio incondicional do Google à Samsung no processo contra a Apple, já que a família de iPhones e iPads, com o sistema operacional iOS, compete diretamente com os aparelhos Android.

"Como o Google bem sabe, os consumidores não sabem como alterar, ou nem mesmo imaginam que é possível alterar, seus mecanismos de busca nesses dispostivos. Essa prática assegura de forma efetiva que os consumidores utilizarão mais a busca do Google do que os produtos concorrentes", descreve a ação.

Além disso, o fato do Google "competir sozinho" diminui a possibilidade do próprio serviço melhorar e mantém os preços dos aparelhos lá em cima.

"O Google não conquistou seu monopólio oferecendo o melhor mecanismo de busca. Com essa manobra anticompetitiva, não é preciso ser um especialista para encontrar evidências de manipulação do mercado", acusa Steve Berman, parceiro do escritório especializado em direito do consumidor Hagens Berman. "Resumindo: Não há nenhuma razão legal ou competitiva para o Google pré-carregar seus aplicativos desta forma."

O Google se defende, dizendo que seus produtos podem ser utilizados sem a presença do Android e vice-versa.

"Qualquer um pode usar Android sem Google e qualquer um pode usar Google sem Android", responde a companhia. "Desde a chegada do Android há grande competição entre os consumidores, que têm mais opções e preços mais baixos."

De acordo com pesquisa da empresa estadunidense ComScore, especializada em análise de dados da internet, o Google controla 67,5% do mercado de mecanismos de busca.

Fonte: http://www.cnet.com/uk/news/antitrust-lawsuit-accuses-google-of-stalling-search-innovation/

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.