Google e Samsung voltam a se estranhar por causa de wearables

Por Redação | 18.07.2014 às 17:36

No início do ano, as tensões entre Google e Samsung atingiram seu ápice logo após a sul-coreana ter revelado novos tablets que rodavam uma versão modificada do Android. As gigantes da tecnologia, desde então, resolveram abrandar os ânimos, mas agora, de acordo com uma matéria do Information, a rivalidade entre elas pode estar voltando a esquentar. E o motivo seriam os conflitos de estratégias relacionadas a smartwatches e wearables.

No mês passado, o Google estreou seu sistema operacional para wearables, o Android Wear, em dois smartwatches: o novo Gear Live, da Samsung, e o LG G Watch. No entanto, por baixo dos panos, as duas companhias não estavam às mil maravilhas.

Larry Page, CEO do Google, e Jay Y. Lee, vice-presidente da Samsung, teriam se encontrado na semana passada em uma reunião privada para discutir a linha de smartwatches da sul-coreana. O gigante das buscas aparentemente tentou impedir a Samsung de lançar quaisquer dispositivos vestíveis usando o Android Wear, e ainda reclamou que a companhia está levando tempo demais para desenvolver seu sistema operacional próprio, o Tizen. A Samsung, por sua vez, estaria chamando o Google de "valentão".

A reunião também teve em pauta a versão modificada do Android desenvolvida pela Samsung, comumente conhecida dos amantes da tecnologia como TouchWiz, bem como a linha de apps da empresa desenvolvida para substituir serviços do Google, como e-mail e mensagens. No entanto, apesar dos ânimos quentes e do calor do momento, as duas companhias ainda lutam para encontrar um meio termo sólido e entrarem em um acordo.

Ambas as gigantes podem não ter a melhor relação de trabalho do mundo, mas também está claro que uma depende da outra no mercado de tecnologia. Juntas, as duas empresas se voltaram para fazer do Android o sistema operacional mais popular do planeta. E uma pergunta ainda fica no ar: o que seria do sistema operacional do Google sem o apoio da Samsung?

Leia também:

Fonte: https://www.theinformation.com/Smartwatches-Drive-New-Wedge-Between-Samsung-Google