Google e Dropbox se unem para tornar a segurança digital mais amigável

Por Redação | 19.09.2014 às 09:51
photo_camera Mashable

A segurança na utilização de serviços online é essencial e todo mundo sabe disso. O problema é que orientações do tipo sempre vêm acompanhadas de sistemas um tanto quanto complexos, principalmente para o usuário leigo, além da presença constante de uma sombra de malvados hackers que estão de olho nos seus dados. Para mudar esse cenário, o Dropbox e o Google estão lançando o Simply Secure, uma organização que quer tornar a proteção online mais amigável.

De acordo com o comunicado oficial sobre a associação, existem dados concretos que indicam uma conscientização geral sobre a necessidade de segurança. Por outro lado, as mesmas medidas tão indicadas por especialistas são pouco adotadas, já que muitos usuários utilizam palavras como “confusas” e “inconvenientes” para defini-las. Mudar esse cenário é a missão da Simply Secure.

A ideia é reunir especialistas dos mais diversos segmentos para discutir e criar maneiras mais simples de proteger as informações de seus usuários. Uma lista de nomes ainda não foi divulgada, mas as empresas querem contar com a ajuda de “algumas das mentes mais brilhantes” dos setores de segurança trabalhando juntas para resolver problemas e orientar ainda mais as pessoas sobre os perigos de serviços desprotegidos e melhores práticas para evitar vazamentos de informações.

Segundo as companhias, a ideia da Simply Secure já vinha sendo discutida há algum tempo, mas o recente escândalo do vazamento de fotos íntimas de celebridades foi o grande catalisador para que o projeto saísse do papel. A ideia de que todo o escândalo poderia ter sido evitado caso os afetados tivessem utilizado medidas simples de segurança trouxe a discussão sobre proteção de dados de volta ao centro das atenções e apenas mostrou a necessidade de uma organização desse tipo.

Na diretoria da Simply Secure está Sara Sinclair Brody, que, até agora, atuava como diretora de projetos do Google. Executivos do Dropbox também trabalham em cargos-chave da empreitada, além de representantes de outras organizações como o World Wide Web Consortium, o Open Technology Fund e a Universidade College London.