Google desenvolve sistema para eliminar pornografia infantil da web

Por Redação | 17 de Junho de 2013 às 11h49

O Google revelou que seus engenheiros estão desenvolvendo um novo sistema que será capaz de permitir que motores de buscas e outras empresas de internet troquem informações sobre conteúdos envolvendo pornografia infantil. O sistema, que deve entrar em operação em um ano, garantirá que imagens de abuso infantil que já foram 'listadas' por organizações internacionais sejam eliminadas da web. As informações são do The Telegraph.

A empresa também anunciou a criação de um fundo no valor de US$ 2 milhões (R$ 4,2 milhões) destinado a desenvolvedores independentes para a criação de novos mecanismos e ferramentas para o combate da pornografia infantil na internet. Os novos projetos foram conduzidos em parceria com organizações independentes de combate ao abuso sexual infantil e depois de muitas pressões políticas e sociais para que empresas de internet como o Google reprimam a pornografia infantil.

O novo sistema funcionará a partir do compartilhamento de imagens e dados identificados como ilegais por instituições que tratam do assunto e, logo em seguida, o conteúdo será sinalizado como criminoso para todas as companhias de internet através do sistema criado em 2008. "Estamos desenvolvendo um banco de dados de toda a indústria global de imagens ilegais para ajudar todas as empresas de tecnologia a encontrar estas imagens onde quer que elas estejam. Elas serão bloqueadas e relatadas", afirmou Scott Rubin, porta-voz do Google.

Susie Hargreaves, chefe executiva da Internet Watch Foundation (IWF), órgão que foi parcialmente financiado pelo Google, afirmou que "este anúncio poderá servir de inspiração para aqueles que estão na vanguarda da luta contra o conteúdo de abuso sexual infantil". "Nós sabemos que a melhor maneira de lidar com o que há de mais terrível em conteúdo online é trabalhar com diversas pessoas ao redor do mundo para combater este crime em uma plataforma global", ressaltou.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.