Google decide tirar QuickOffice do ar

Por Redação | 30 de Junho de 2014 às 12h28

Demorou, mas acabou. O Google anunciou para as próximas semanas o fim do QuickOffice, a suíte de aplicativos criada desde 2002 e que, desde o lançamento do Drive, vinha caindo em desuso devido às soluções integradas que a empresa associou às suas ferramentas de cloud computing, como o Docs e o Sheets.

De acordo com a empresa, os usuários atuais da plataforma não precisam se apressar em realizar o backup ou a transferência de seus documentos para outras plataformas. Apesar de estar sendo descontinuado, com o link para download sendo removido da Google Play Store e Apple App Store nas próximas semanas, as ferramentas não sairão do ar. Mas sim, elas deixarão de ser atualizadas e também de receber manutenção.

Os usuários da ferramenta, claro, poderão continuar utilizando-a normalmente, mas o Google incentiva fortemente uma mudança para o sistema do Drive, que contém todas as ferramentas do QuickDrive e é a solução padrão do Google para os trabalhos realizados na nuvem, de forma colaborativa ou não.

O QuickDrive funcionou de forma independente por dez anos, até que foi adquirido pelo Google em 2012 como parte de esforços para fortalecer o Drive. Agora, essa integração parece estar chegando ao fim e os usuários já podem contar com todas as funcionalidades da antiga ferramenta no serviço padrão da gigante das buscas.

O anúncio oficial foi feito no blog do Google dedicado a seus aplicativos e não contou com mais comentários. Uma data precisa para a remoção do app nas lojas online não foi divulgada.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.